A Cidade Olímpica e a Tradição em Eventos Esportivos

Por: , , Luiz Fernando de Nóbrega e Renan Petersen Wagner.

IV Congreso de La Asociación Latinoamericana de Gerencia Deportiva - ALGEDE

Send to Kindle


.Resumo

Desde a realização dos XV Jogos Pan-americanos, na cidade do Rio de Janeiro, em 2007, houve a visualização de um marco para a chamada década de ouro do esporte brasileiro. A realização, no período de dez anos, dos Jogos Pan e Parapan-americanos, Jogos Mundiais Militares, Copa do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos fizeram do esporte protagonista, voltando o foco para as questões ligadas à infraestrutura e as praças esportivas utilizadas nesses eventos. O legado tornou-se termo comum nas conversas esportivas e o mote para a realização dos chamados megaeventos. Entretanto, o país não entrou na rota dos eventos esportivos no século XXI. Desde  1919, com a realização dos Jogos Sul-Americanos de Futebol, no Estádiodas Laranjeiras, realizam-se eventos com a participação de outros países em nosso território. Toda a discussão alardeada anteriormente deve ser vista com ressalvas, pois infraestrutura, política esportiva e legado vêm fazendo parte do imaginário esportivo no país há quase um século. É certo que anteriormente ao período denominado como a década de ouro do esporte, tais temas eram relegados. Posto isso, o presente estudo pretende levantar os eventos esportivos realizados na cidade do Rio de Janeiro desde 1919, classificando-os de acordo com a nomenclatura proposta por Parent e Smith-Swan (2013) nas seis tipologias apresentadas para eventos. Para os autores, os eventos podem ser classificados como: a) eventos locais; b) festivais; c) eventos de grande magnitude, subdivididos em: c1) hallmark; c2) larga escala e, c3) megaeventos. A metodologia a ser utilizada foi o levantamento a partir de fontes secundárias, com o delineamento a partir de eventos nos âmbitos internacional e regional. A cidade do Rio de Janeiro destaca-se pela quantidade de eventos esportivos realizados nos equipamentos sediados no seu território, inferindo-se que a cidade apresenta certo grau de expertise na realização de eventos esportivos. Entretanto, conclui-se que há a uma falta de gestão do conhecimento nessa área e, concomitantemente, infere-se a tradição da cidade Olímpica em realizar eventos esportivos, destacando-se a última década, quando foram realizados o Pan e o Parapan Americano em 2007, os Jogos Mundiais Militares em 2011 e a Copa do Mundo de Futebol em 2014.

Referências:
Parent, M. and Smith-Swan, S. (2013). Managing major sports events: theory and practice. London: Routledge

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.