A Dança e a Expressão Corporal Como Mediadoras no Processo de Ensino Aprendizagem de Crianças com Deficiência Intelectual e Transtornos de Aprendizagem

Por: Camila Lopes de Carvalho, Keyla Ferrari Lopes e Paulo Ferreira de Araújo.

Pensar a Prática - v.22 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Esse estudo objetivou verificar contribuições das atividades de dança e expressão corporal ao processo de ensino aprendizagem de alunos com deficiência intelectual e transtornos de aprendizagem. Para isso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com as mães e a professora de dança de duas crianças de sexo masculino, com onze anos, uma com deficiência intelectual e outra com transtornos de aprendizagem, que participaram regularmente de atividades de dança e expressão corporal, antes e após seis meses de prática. Como resultados, foi identificado que as atividades possibilitaram desenvolvimento do processo de ensino aprendizado das crianças e a exploração de potenciais comumente não identificados em outros contextos de ensino.

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/49194

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.