A Disciplina de Basquetebol nos Cursos de Graduação em Educação Física de Santa Catarina

Por: , Paulo Henrique Xavier de Souza e .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A disciplina de basquetebol torna-se uma constante em todos os currículos dos
Cursos de Educação Física, uma vez que integra o quadro dos desportos coletivos
mais praticados. Este estudo pretendeu identificar quanto as variadas denominações,
número de disciplinas oferecidas por curso, carga horária, créditos, fase, ementa,
metodologia e formas de avaliação, recursos didáticos, bibliografia básica e
complementar, autores mais citados e instalações físicas e materiais disponíveis para
ministrá-la. No ano de 2004, vinte e dois Cursos de Graduação em Educação
Física, eram oferecidos, sendo nêles ministradas 31 disciplinas relacionadas a esta
modalidade. Dentre estas o nome mais comum (35,5%) foi Basquetebol, seguida de
Metodologia do Ensino de Basquetebol (16,1%) e Prática Pedagógica do Basquetebol
(12,9%). A maioria dos Cursos (59,1%) ministra apenas uma disciplina de basquetebol,
porém 40,9% oferecem duas disciplinas. A carga horária em 54,8% concentra-se
em 60 horas/aula, porém varia de 30 até 96 horas/aula. Todas as disciplinas são de
caráter obrigatório na grade curricular de cada Curso. A maior parte (66,7%) possuem
quatro créditos semanais, sendo ministradas da terceira à sexta fase em sua maioria.
Os assuntos mais abordados foram noções gerais de regaras, súmula e arbitragem
(77,4%), histórico e evolução do basquetebol (54,8%), sistemas de ataque e defesa
(45,2%), fundamentos (41,9%) e aspectos táticos (32,3%). Quanto a metodologia
93,8% das disciplinas são através de aulas expositivas, sendo que em 87,5% são
adotadas aulas práticas e em 62,5% saão adotados trabalhos. Quanto a avalição,
75% adotam provas escritas e 62,5% adotam provas práticas. Referentes aos recursos
didáticos 81,8% utilizam materiais esportivos nas aulas práticas, 81,8% utilizam vídeos,
63,6% utilizam transparências e 54,5% adotam textos, ainda 18,2% utilizam internet
e somente 9,1% utilizam data show e ou quadro magnético. Quanto a bibliografia
básica, registra-se que as obras de DAIUTO, MB(1974)- Basquetebol- Metodologia de
Ensino, seguida do livro Basquetebol-Técnicas e Táticas: uma abordagem DidáticoPedagógica (FERREIRA & DE ROSE, 1987), são mais utilizados nas disciplinas. Dentre
os autores mais citados destacam-se Moacir Daiuto e Dante de Rose Júnior. Constatase que as disciplinas são muito similares, o que nos leva a inferir que talvez seja fator
que contribua para a limitação técnica-científica e pedagógica que esta modalidade
enfrenta no Estado.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/71_Anais_349.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.