A Influência dos Cantos e das Danças nos Modos de Ser Guarani Mbyá

Por: , Cátia Pereira Duarte e Maria Manuela Hasse de Almeida e Silva.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

O etnocentrismo estabelece uma hierarquia etnicorracial, que organiza as relações sociais, políticas e culturais do mundo a partir do homem ocidental, cristão, heterossexual e bem sucedido financeiramente. Essa concepção epistemológica legitimou o empreendimento colonial e se articulou em torno de três mitos: indígenas eram animais; depois selvagens, por fim subdesenvolvidos que precisavam ser integrados à modernidade capitalista. A partir da interculturalidade crítica, professores pesquisadores vem dialogando com os guarani Mbyá para compreender o sistema que fundamenta as cerimônias. Por meio da etnografia na comunidade com quarenta indígenas Guarani Mbyá da aldeia Araponga , utilizaram-se relatos, entrevistas e registro de imagem parada e em movimento, segundo procedimentos da Antropologia Social, para responder as questões: Qual a influência dos cantos e das danças nos modos de ser guarani Mbyá? Como estes saberes colaboram com as práticas corporais das aulas de Educação Física? 

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.