Atitudes dos Docentes do Curso de Educação Física Face à Inclusão na Educação Superior

Por: Francine Fátima Lima Batista, Neiza de Lourdes Frederico Fumes e Soraya Dayanna Guimarães Santos.

Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada - SOBAMA - v.17 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivo analisar as atitudes dos docentes de Educação Física face ao processo de inclusão na Educação
Superior alagoana, como também sua formação em Educação Especial, experiência no ensino de pessoas com deficiência e competência percebida. A amostra foi constituída por 33 docentes do curso de Educação Física e utilizou o questionário Peatid III. A análise dos dados utilizou a estatística descritiva. O estudo constatou que 45,45% dos docentes tinham formação acadêmica em Educação Especial, 30,30% da amostra se consideravam “nada competente” e que 31, os professores apresentaram ter uma atitude mais favorável no ensino de alunos com deficiência física e menos favorável aos alunos com deficiência múltipla. Com isto, pode-se concluir que o tipo de deficiência parece influenciar a atitude dos docentes universitários e fatores como a formação e experiência parecem ser determinantes para que atitudes positivas sejam desenvolvidas no âmbito educacional.

Endereço: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/sobama/article/view/6092

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.