Brinquedoteca: Uma Proposta de Inclusao Escolar

Por: P. de Oliveira Cutri e R. Mariani de Oliveira.

XV Conferência Mundial do IPA

Send to Kindle


Resumo

Visto que o movimento - às vezes consideravelmente reduzido pela Educação e pela Escola posição sentada obrigatória) - representa uma necessidade para o desenvolvimento, o lúdico deve se encorajado sobretudo na infância e na adolescência, sendo administrado em conformidade com a idade e com 0 nível de desenvolvimento. A Educação deve ter como objetivo a utilização do brincar como meio de ajudar a criança a adquirir tanto sensações como percepções como conceitos, tendo em conta as possibilidades da criança; ajudando, desta forma, a sua afetividade a expandir-se e a equilibrar-se através do intercambio com o ambiente humano, obtendo-se como conseqüência sentimentos de segurança e confiança em si mesmo, necessários a uma auto-imagem positiva. No entanto, isto vai depender da qualidade da relação professor-aluno, isto e, se for possível a construção de um espaço de encontro onde o aprender e o ensinar aconteça de modo criativo. Esta pesquisa procurou elucidar as implicações do brincar no desenvolvimento e na formação da criança, verificando como a criança constrói conhecimentos significativos e valores em interação com outras crianças, com adultos e com o meio físico social, analisando os jogos e suas implicações ideológicas, apontando caminhos para uma metodologia do ensino, a partir da utilização da atividade lúdica, como forma de recriar o conteúdo escolar. Assim, ação prática e palavra (significado) são partes indispensáveis do processo de aquisição do conhecimento, sendo dinamizadores da relação entre os conceitos espontâneos e científicos, mostrando, dessa forma, a concepção dialética do fenômeno humano. Através do brincar, através do corpo se abre a possibilidade não só de se trabalhar o desenvolvimento motor, mas a própria estruturação dessa criança, em termos mental e afetivo.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.