Convivendo com a Inclusão Social: Práticas Corporais Lúdicas Adaptadas e Seus Processos Educativos

Por: , Mey de Abreu Van Munster e Vanderlei Balbino da Costa.

III Colóquio de Pesquisa Qualitativa em Motricidade Humana

Send to Kindle


Resumo

A inclusão social constitui um processo bilateral no qual as pessoas socialmente marginalizadas e a sociedade, buscam dirimir problemas, decidir sobre soluções e efetivar aequiparação de oportunidades a todos. Ao nos reportarmos à inclusão social nesse trabalho,nos referimos a um grupo de PNEs que participam do PROAFA, ofertado peloDEFMH/UFSCar. O objetivo deste estudo foi pesquisar a prática social da inclusão empráticas corporais no PROAFA e os processos educativos envolvidos. A metodologiautilizada foi observação participante e registro em diários de campo. Com base na análisedestes percebemos que o processo de inclusão ocorreu para todas as pessoas participantes.Observamos também o quanto todos os PNEs participam das práticas corporais com desejo desuperação nas diversas atividades realizadas. Salientamos que essas práticas corporais além deprovocarem inúmeras sensações e emoções, elevaram a auto-estima desses PNEs,favorecendo efetivamente a inclusão social destes.

Endereço: http://motricidades.org/conference/index.php/cpqmh/3cpqmh/paper/view/133

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.