Educação Física, Gênero e Escola: Uma Análise da Produção Acadêmica

Por: Alexandre Jackson Chan Vianna, e Ludmila Mourão.

Movimento - v.16 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi analisar as argumentações que sustentam a afirmação de discriminação das meninas nas aulas de educação física, na produção das pesquisas dos programas sensu stricto em educação física do banco de teses da CAPES. Cinco estudos foram identificados eanalisados a partir das categorias analíticas: propostas das pesquisas; discriminação nas aulas de educação física; a esportivização e o sexismo, e o conceito de sexismo. As pesquisas, de um lado, denunciam o sistema escolar por reforçar o sexismo mas, por outro, apontam que gênero não é oúnico fator de inclusão e exclusão.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/9492

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.