Efeito da Caminhada Sobre a Qualidade de Vida e Auto-eficácia de Mulheres com Síndrome da Fibromialgia

Por: Alessandra Bertinatto Pinto Fonseca, , Bruno Ribeiro do Vale, Maick da Silveira Viana, e Ricardo de Azevedo Klumb Steffens.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.20 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Verificar o efeito da prática de 10 sessões de caminhada sobre a qualidade de vida e auto-eficácia de mulheres com Síndrome da Fibromialgia (FM). Método: Participaram do estudo oito mulheres com diagnóstico clínico de FM, selecionadas de forma não-probabilística intencional. As avaliações foram realizadas antes e após 10 sessões da prática de caminhada. Os instrumentos utilizados foram o Questionário Sócio-demográfico e Clínico, o Questionário de Impacto da Fibromialgia e a Escala de Auto-eficácia para Dor Crônica. Após a verificação da normalidade através do teste Shapiro-Wilk, os dados foram tratados com estatística descritiva (freqüência, média e desvio padrão) e inferencial (teste t de Student e teste de Pearson). Resultados: A média de idade das participantes foi de 49 anos (+12,8), o impacto da síndrome da fibromialgia na qualidade de vida no pré-teste foi de 53,64 pontos e no pós-teste de 51,99 pontos (p=0,73) e a Auto-eficácia no pré-teste foi de 147,57 pontos e no pós-teste foi de 172,27 pontos (p=0,15). Em relação aos três domínios deste questionário, apenas o domínio da Auto-eficácia para lidar com outros sintomas apresentou diferença significativa entre o pré e pós-teste (p=0,02). Houve correlação negativa pós-teste (r=-0,72; p=0,042) entre o impacto da fibromialgia e a auto-eficácia. Conclusão: Apesar do curto período de intervenção realizado, a prática de caminhada melhorou o domínio da auto-eficácia para lidar com outros sintomas em mulheres com FM. Em relação à qualidade de vida, não ocorreram melhoras.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1894

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.