Formação de Professores de Educação Física: Limites, Contradições e Possibilidades da Prática Como Componente Curricular dos Cursos de Graduação do Estado do Pará

Por: Higson Rodrigues Coelho.

2010 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O estudo se insere na linha de pesquisa “Formação de Professores”, especificamente na área de interesse “Experiências inovadoras na Formação de Professores de Educação Física”, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Pará. Fundamenta-se nos parâmetros teórico-metodológicos do Materialismo Histórico e Dialético para investigar os nexos da formação de professores de Educação Física com as Diretrizes Curriculares Nacionais, onde problematiza a prática como componente curricular nos Projetos Políticos Pedagógicos dos cursos superiores de Educação Física do Estado do Pará. Analisa o contexto da crise econômica que introduz oficialmente a prática como componente curricular na formação de professores de Educação Física. Reconhece os nexos e mediações da formação de professores em tempos de crise, onde a metamorfose do mundo do trabalho tem impactos nas políticas educacionais na formação humana. Identifica que as Diretrizes Curriculares Nacionais representam um embate de projetos históricos antagônicos na Educação Física, e apresenta contradições latentes sobre o conteúdo das atuais diretrizes. Constata que a concepção de prática não permite o seu entendimento como articuladora da produção e apropriação do conhecimento na formação de professores de Educação Física, com base na pedagogia das competências, havendo assim, um recuo da teoria. Evidencia a dicotomia teoria e prática reconhecida nos processos de qualificação e desqualificação da formação já em eu processo inicial de formação, enfraquecendo a luta dos trabalhadores, principalmente, pela distinção entre trabalho manual e intelectual. Os cursos de Educação Física no Pará apresentam limites e contradições da prática como componente curricular ocorrendo um malabarismo curricular para atender tais dispositivos legais. Conclui-se, a partir deste estudo, com possibilidades para a formação e produção do conhecimento que se pautem, claramente, em referências históricas que apontam alternativas contra o capital e a necessidade da luta incessante de edificação de uma sociedade para além do capital, apontando o socialismo como horizonte histórico para a classe trabalhadora. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.