Habilidades Motoras Fundamentais: Diferenças de Gênero

Por: B. C. Spessato.

XIII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

As diferenças de gênero no desempenho motor resulta da interação dinâmica entre fatores de diversas naturezas, tais como: sociais, psicológicos, biológicos e culturais. Considerando-se a importância das habilidades motoras na vida das crianças e refletindo sobre diversas questões acerca dos desempenhos diferentes em meninos e em meninas. Portanto o objetivo deste estudo foi investigar as diferenças de gênero no desempenho das habilidades motoras fundamentais (HMF) e na prevalência de maestria e maestria aproximada. Foram avaliadas 1248 crianças de 3 a 11 anos (641 meninos e 607 meninas) com o TGMD-2 Test of Gross Motor Development (ULRICH, 2000) de Porto Alegre, frequentadoras de escolas públicas. O teste avalia 12 habilidades motoras fundamentais, 6 de locomoção (corrida, galope, salto com 1 pé, salto horizontal, passada e corrida lateral) 6 de controle de objeto (rebatida, quique, pegada, chute, arremesso por cima do ombro e arremesso rolando). Foram utilizados estatisticas descritivas bem como testes General Linear Model e testes de continuidade ANOVA Oneway. Os resultados demonstraram que meninos e meninas apresentaram níveis semelhantes de maestria em apenas três habilidades motoras: galope, salto com um pé e passada (p>0,05). Em todas as outras habilidades avaliadas, os meninos apresentaram uma prevalência de maestria significativamente superior à das meninas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.