Interação Professor-aluno em Aulas de Educação Física nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental

Por: Felipe Del Mando Luchesi e Sandro Caramaschi.

Conexões - v.14 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho consistiu em analisar interações professor-aluno em aulas de Educação Física nas séries iniciais do Ensino Fundamental e o concomitante processo segregativo e/ou de implicações que há por detrás das mesmas. A metodologia foi caracterizada pela observação naturalística com a utilização de filmagem, além de entrevista semi-estruturada realizada com professores utilizando uma abordagem quali-quantitativa em três instituições públicas de ensino localizadas no município de Bauru/ SP, envolvendo 4 docentes, um por seriação. Com a presente pesquisa foi possível identificar ações exitosas e práticas diversificadas, inclusive coercitivas, passíveis de mudança por parte dos docentes em seus contextos de ensino.

Referências:

ORDÓÑEZ PENALONZO, Jacinto. La escuela, diferentes contextos culturales y culturas de frontera. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 23, maio/ago. 2003.

PAPALAIA, Diana E.; OLDS, Sally Wendkos; FELDMAN, Ruth Duskin. Desenvolvimento humano. 8. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

CANDAU, Vera Maria. Construir ecossistemas educativos-reinventar a escola. In: ______. Reinventar a escola. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

SILVA, Cristiane Rezende; BOTTI, Marise; ROGONNI, Ana Caroline Cappelini. A educação dos sentidos e o sentido da experiência: relações e desafios para a formação de professores de educação física. Conexões, Campinas, v. 12, n. 2, p. 114-131, 2014.

BETTI, Mauro et al. Por uma didática da possibilidade: implicações da fenomenologia de Merleau-Ponty para a educação física. Revista Brasileira das Ciências do Esporte, v. 28, n. 2, p. 39-53, 2007.

ARCE, Tatiana Diaz; DRUKER, Sofia Ibañez. La democratizacion del espacio escolar: una construcción en y para la diversidad. Estúdios Pedagógicos, Valdívia, ano 23, n. 1, p. 63-77, 2007.

RANGEL, Irene Conceição Andradeet al. A educação física escolar e multiculturalismo: possibilidades pedagógicas. Motriz, Rio Claro, v. 14 n. 2, p. 156-167, abr./jun. 2008.

BRANDÃO, Carlos Rodrigo. Bioética na educação física. Brasília: Scortecci, 2003.

BRANCO, Angela Uchoa. Socialização na pré-escola: o papel da professora e da organização das atividades no desenvolvimento de interações sociais entre as crianças. 1989. Tese (Doutorado em Ciências) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989.

DAOLIO, Jocimar. Da cultura do corpo. Campinas: Papirus, 1995.

BRACHT, Valter. Educação física & ciência: cenas de um casamento (in) feliz. Ijuí: Ed. da Unijuí, 1999

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: educação física: primeiro e segundo ciclos do ensino fundamental. Brasília, 1998.

DARIDO, Suraya Cristina et al. A educação física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 17-32, jan./jun. 2001.

FILGUEIRAS, Isabel Porto et al. Concepções e preferências sobre as aulas de educação física escolar: uma análise da perspectiva discente. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 6, n. 3, 2007.

SONEGO, Roselaine Vieira; ZAMBERLAN, Maria Aparecida Trevisan. Concepções e práticas sócio-educativas promotoras de autonomia no ensino fundamental. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 12, n. 2, p. 343-350, maio/ago. 2007.

MOTTA, Danielle Cunha et al. Práticas educativas positivas favorecem o desenvolvimento da empatia em crianças. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 11, n. 3, p. 523-532, set./dez. 2006.

REIS, Valéria Teixeira Cunha; PRATA, Mary Anne Rodrigues; SOARES, Adriana Benvides. Habilidades sociais e afetividade no contexto escolar: perspectivas envolve professores e o processo ensino-aprendizagem. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 30, n. 69, p. 347-357, abr./jun. 2012

HIRAMA, Elaine Prodocimo. As emoções na educação física escolar. 2002. Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidade de Campinas, Campinas, São Paulo, 2002.

PLANCHUELO MEDINA, Lina; HERNÁNDEZ MENDO, Antonio; FERNÁNDEZ GARCIA, José Carlos. Intervención y evaluación de un programa de desarrollo moral en la educación física en primaria. EFDeportes.com: revista digital, Buenos Aires, ano 14, n. 133, jun. 2009. Disponível em: http://www.efdeportes.com. Acesso em: 02 set. 2009.

COZBY, Paul C. Métodos de pesquisa em ciências do comportamento. São Paulo: Atlas, 2003.

VIANNA, Heraldo M. Pesquisa em educação: a observação. Brasília: Plano, 2004. (Série Pesquisa em Educação, v. 5).

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Rio de Janeiro: Edições 70, 1991.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 16 jul.1990. Disponível em: http: www.planalto.gov.br/civil/LEIS/L8069.htm. Acesso em: 28 out. 2009.

MOLA, Isabel Coelho. Avaliando uma proposta para modificar práticas coercitivas de profissionais de educação física. 2007. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

MERIDA, Marcos. Educação física escolar: história e cultura. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 9, n. 1, 2010.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8646058

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.