Nível de (in)satisfação Profissional de Professores de Educação Física da Educação Infantil

Por: Alexandra Folle.

Motriz - v.14 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar o nível de (in)satisfação profissional e respectivos fatores determinantes em professores de Educação Física que atuam na Educação Infantil. Participaram do estudo 54 professores de duas Secretarias Municipais de Educação do Estado de Santa Catarina. As informações foram obtidas por meio de questionário, o qual apresenta clareza de linguagem e validade de conteúdo. Os testes qui-quadrado e de comparação de proporções foram empregados no tratamento estatístico dos dados (p≤0,05). A maioria dos professores está satisfeita com a sua profissão, observando-se apenas associação entre os motivos intrínsecos para escolha da profissão e a satisfação profissional (p=0,03). A análise das proporções de presença dos fatores determinantes revelou que os aspectos pedagógicos (ensino) e relacionais foram mais significativos em relação à satisfação profissional. Contrariamente, os aspectos sociais, econômicos, pedagógicos (condições de trabalho) e institucionais foram mais freqüentes quanto à insatisfação no trabalho docente.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1198/1714

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.