Os Cursos de Graduação em Educação Física nas Instituições de Ensino Superior de Santa Catarina

Por: , Paulo Henrique Xavier de Souza e .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou caracterizar quanto ao tipo de habilitação, ano de implantação, tempo de duração, regime e turno de funcionamento dos cursos e realização de pesquisa e extensão na área de basquetebol. Caracterizou-se como sendo descritivo, sendo a coleta de dados baseada em informações disponibilizadas através de respostas a questionário aplicado. Vinte e dois Cursos de Graduação em Educação Física eram oferecidos, no ano de 2004, por 14 Instituições, localizadas em 19 municípios. Dentre os cursos 72,72% oferecem licenciatura. Apenas um curso (4,55%) oferece somente o bacharelado. Em 2 cursos (9,09%) é possível optar por bacharelado e em 3 (13,63%) cursos o acadêmico poderá concluir em única colação de grau, ambas as habilitações. Os primeiros cursos implantados foram de licenciatura, iniciando-se em 1970 (UNIVILLE)), sendo oferecidos mais 4 cursos até 1975. Após isto, somente em 1995 foram implantados novos cursos. O bacharelado foi criado em 1992 (UDESC).A maioria (85,7%) das licenciaturas tem duração de 4 anos. Somente 2 cursos possuem duração de 3 anos e 6 meses e 1 tem duração de 3 anos. No bacharelado 71,7% dos cursos tem duração de 4 anos, sendo que 28,8% possuem duração de 4 anos e 6 meses. Quanto ao regime 95,4% dos cursos desenvolvem-se semestralmente, enquanto que um (4,6%) adota regime anual. Mais da metade (54,5%) funcionam no turno matutino e noturno. Oferecem aulas nos 3 períodos, 5 cursos, sendo que na forma de regime especial funcionam 3 cursos (13,6%), onde os acadêmicos frequentam aulas nos finais de semana e em períodos concentrados. Em relação a realização de projetos de pesquisa e extensão na área de basquetebol, verifica-se que 68,2% não oferecem ou realizam ações desta natureza. No entanto em 18,2% são desenvolvidos projetos de extensão e em 13,6% são executados projetos de pesquisa e de extensão. Este estudo não permite apontar a existência de mudança de cenário de profissionais de educação física, uma vez que tradicionalmente os cursos são predominantemente de licenciatura. Comprova-se que na maioria dos cursos existe somente a preocupação de oferecimento de atividades de ensino, desprezando-se as ações de pesquisa e extensão relacionadas com o basquetebol.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/71_Anais_349.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.