Legislação Desportiva - CEVLeis

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar na Comunidade

Abandono de Jogo do Brasília e Binômio Cdc/estatuto do Torcedor



Senhores,

no último sábado jogavam Flamengo e Brasília pelo NBB4. Perto do final do primeiro quarto os titulares de Brasília foram trocados e não voltaram mais. Questionado no intervalod o jogo, o técnico José Vidal alegou as péssimas condições da quadra, com possíveis escorregões e lesões que seriam prejudiciais. Discute-se no meio do basquete nos últimos dias, a falta de consideração com os atletas reservas, alguns que já passaram pela seleção, mas esquece-se que o jogo foi entregue nesse momento. Minha dúvida é exatamente sobre a aplicação da legislação, especificamente o código de defesa do consumidor e o estatuto do torcedor, pois os torcedores pagaram o ingresso para assistirem um grande clássico, afinal, tratava-se do confronto das últimas três finais do NBB.

O problema já ocorria na véspera, no bate-bola e na rodada dupla da semana anterior. O ginásio do Tijuca Tênis Clube tem problemas no placar (chega em 80 e zera) e piso novo, ainda escorrega muito - tanto pelo piso como pela umidade do RJ em alguns dias.

O técnico de Brasília alegou, no intervalo, que precisa preservar seus titulares de lesões pois a temporada seria longa e disse que sentia pela decisão, mas era a coisa certa a fazer pelo planejamento da equipe para a tmeporada do basquete. Ele entregou o jogo e declarou isso antes do jogo terminar.

Esse é um caso de código de defesa do consumidor e do estatuto do torcedor: comprou-se gato por lebre. Afinal, esperava-se um grande jogo, já que reedição das últimas finais da LNB.

Estou certo nessa leitura? Os regulamentos do CDC e do Estatuto do torcedor são aplicáveis nesse caso?

Forte abraço e fico na escuta...

Carlos Alex Soares


Comentários

Por Bruno Ferreira Cattaruzzi
em 01-12-2011, às 18h34.

Acredito que a alegação de ter-se comprado gato por lebre não cabe no Estatuto do Torcedor. Caso algum torcedor (pagante) se sentisse lesado em relação as condições do ginásio, transparência na organização do evento, transporte, etc, deveria entrar em contato com o ouvidor da competição, o que não me parece o caso aqui.

Abraço.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.