A Liga e as Tensões no Esporte Escolar

Por: Bianca Braga Machado, Fernanda Carvalho Massanti Ponzo, Franklin Ribeiro Fernandes Negrão, Gyna de ávila Fernandes, Leandro Soares Assunção Rafael e Míriam Santiago Anastácio da Silva.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO 

No segundo semestre de 2018, inicia-se o programa Residência Pedagógica oferecido pelo Governo Federal para alunos das licenciaturas, que tem como objetivo A formação de professores para atuação na Educação Básica na perspectiva de construção de uma prática ancorada nas demandas da escola pública brasileira no desafio de construir uma ação educativa na perspectiva da formação humana. (Projeto Residência Pedagógica/UFMG. Subprojeto Educação Física, 2018, P. 1) Dentre as escolas selecionadas, encontra-se a Escola Municipal Oswaldo França Júnior localizada em Belo Horizonte, bairro São Gabriel. Nessa instituição, o terceiro trimestre foi selecionado pela Educação Física para tratar o conteúdo dos esportes tendo como tema o Futebol. A abordagem se concretizou por meio do projeto Liga Oswaldo França Júnior, que teve por objetivo principal proporcionar experiências diferenciadas com relação ao esporte, a competição e a organização de um evento esportivo na escola. Assim, o presente texto busca elucidar em linhas gerais como se deu a criação e o desenvolvimento da Liga, refletindo também sobre o tensionamento entre o esporte da escola e o esporte na escola (VAGO, 1996).

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.