Análise da Precocidade nos Esportes

Por: e Daniel Bartholomeu.

Psicologia do Esporte - da Escola a Competição.

Send to Kindle


Resumo

A cada ano fica muito mais oportuno considerar a força e os papéis que o esporte exerce na sociedade mundial. Enquanto, nos pan-americanos, nossa atenção é naturalmente atraída para a "elite" do esporte, como professor de Educação Física e educador, não temos como perder de vista o fato de que o esporte é fundamental para todos, na sociedade em que está inserido. Portanto, nosso foco de estudo estará voltado à prática de uma atividade física, considerando as evoluções humanas e seus limites, conforme estaremos tratando. 
Pelo fato de vivermos numa época do fugaz, do cyber, do veloz, não  podemos deixar de compreender que passamos por uma fase, em nossas vidas, que nos possibilita um amadurecimento sadio e adequado, impondo-nos limites que nortearão nossos gestos, escolhas e princípios (MACHADO, 2006). Nossa ética acaba sendo moldada em função das barreiras que cremos e das barreiras que derrubamos. No esporte, em especial, estas barreiras resvalam em tecnologias, procedimentos e aprendizagens-treinamentos, que podem vir a apresentar conotações de adequações ou de impropriedades, muitas vezes avaliadas com sucessos ou como triunfos do mundo real.

Endereço: http://loja.editorafontoura.com.br/psicologia-do-esporte-da-escola-a-competicao.html

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.