Análise Técnico-tática na Capoeira Competitiva: Combates do Campeonato Mundial 2018

Por: Roberta Augusta Alencar dos Guimaraes Vianna.

81 páginas. 2020 28/08/2020

Send to Kindle


Resumo

Nos esportes de combate a analysis time motion ou análise tempomovimento (ATM) permite conhecer as condições técnico-táticas, bem como a determinação de frequência de golpes. O conhecimento de características específicas da modalidade traz informações precisas de como atletas de alto nível obtém sucesso. Porém não há informações disponíveis sobre análise temporal em combates de Capoeira competitiva. Os objetivos foram: verificar a concordância e reprodutibilidade da adaptação do programa computacional FRAMI® para análise técnico-táticas em combates de capoeira competitiva; e quantificar frequência de golpes e movimentos assim como a estrutura temporal da capoeira competitiva de alto nível, a partir da ATM. Os métodos utilizados foram a observação de 10 combates entre três avaliadores experientes para verificar a concordância e reprodutibilidade. Além disso, foram observadas outras 256 rodadas do campeonato mundial masculino de 2018, considerando os três blocos de esforço I) Observação, II) Preparação e III) Interação, além da frequência das técnicas utilizadas no combate de capoeira em diferentes fases da competição (fase eliminatória e fase de disputa por medalhas) e entre as diferentes categorias de peso (-65kg, 65 -72kg, 72-78kg, 78-85kg e +85kg). Resultados: A concordância entre avaliadores e as análises intra-avaliador apresentaram alto grau de concordância para a maioria das variáveis elencadas (Kappa e Coeficiente de Correlação Intraclasse entre 0,247 e 1,000). Já os principais resultados relacionados a estrutura temporal: o tempo de observação foi estatisticamente diferente entre -65kg e +85kg, na fase eliminatória (19 s e 26 s, respectivamente), mas manteve o mesmo comportamento na fase de disputa por medalhas. Ainda na fase eliminatória, a categoria -65kg apresentou um maior tempo de interação (14 s) comparado a 72-78kg (7 s) e 78-85kg (8 s). Já na fase de disputa de medalha, a categoria 65-72kg apresentou maior tempo de interação (12 s) que as categorias 72-78kg (6 s) e 78-85kg (7s), entretanto sem diferença na fase eliminatória. Por sua vez, os principais resultados relacionados a frequência de golpes e movimentos foram: 78-85kg executou menor quantidade de gingas por combate comparadas a 72-78kg. A categoria -65kg exibiu maior quantidade de movimentos desequilibrantes quando comparado a qualquer categoria, maior quantidade de movimentos traumatizantes que as categorias 65-72kg e +85kg. Por fim, registrou-se que 65-72kg executou uma maior quantidade de floreio que a categoria 78-85kg. Conclusão: A adaptação do FRAMI® foi capaz de contribuir para as análises técnico-tática para a capoeira competitiva. Existe diferença na estrutura temporal de observação, interação e frequência de golpes entre as diferentes categorias de peso, os atletas mais leves apresentam maior tempo interação, enquanto os atletas mais pesados maior tempo de observação.

Endereço: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=9532872

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.