Send to Kindle


APRESENTAÇÃO

 

 Quando o Leopoldo me comunicou a honra de ser um dos apresentadores do Atlas lembrei do conto húngaro  "O ferreiro da catarata". Era sobre um ferreiro que fazia precisas cirurgias de cataratas com as ferramentas da oficina, sem qualquer cuidado com higiene, já que não conhecia o assunto. As cirurgias iam bem e ele era muito requisitado, até que os doutores da capital o chamaram para mostrar o trabalho na universidade. Lá ele também soube da complexidade e perigos de cirurgias nos olhos, a exigência das salas cirúrgicas e cuidados com infecções. Voltou para a sua cidadezinha e nunca mais operou.

Algumas décadas atrás teria sido mais fácil escrever sobre  o trabalho desse irmão que a vida me deu.

Comecei a trabalhar com o Leopoldo no Centro de Documentação em Educação Física, Esportes e Lazer - CEDEFEL, do Maranhão, naturalmente um trabalho voluntário, como sempre. Começamos indexando as principais revistas de Educação Física (Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Boletim da Federação Internacional de Educação Física...). Logo me dei conta da capacidade de trabalho do Leopoldo. Não só a qualidade, mas o volume. Vendo o ritmo de trabalho dele não há outro sentimento possível a um ser humano normal do que o da insuficiência. Difícil acompanhar o Leopoldo.

Estive por perto do mestrado do Leopoldo em Ciência da Informação. Eu estava como professor da Escola de Educação Física da UFMG. O Mestrado dele foi o mais rápido da história da Escola de Biblioteconomia (nome da época) da UFMG. Lembrando que era o melhor curso do Brasil naqueles tempos.

Fomos caminhando nos vários projetos em que ele esteve sempre presente, solidário, batalhador, como o I Simpósio Brasileiro de Informatica em Educação Física e Esporte, realizado na Unicamp, a criação e a administração das comunidades no Centro Esportivo Virtual, a realização do I Congresso Brasileiro de Informação e Documentação em Brasília...

Tudo isso sem que o Leopoldo deixasse de lado sua paixão pela Educação Física , pelo Atletismo e pela História.  Por tudo isso, e mais o que não coube aqui, comemorei quando ele foi eleito imortal da cadeira 40 do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão. Comemoro também o lançamento deste Atlas do Esporte do Maranhão. Acompanhei todos os passos. Tenho muito orgulho disso e da minha amizade com o Leopoldo. O Atlas é um ponto marcante do trabalho do Leopoldo. Também da história da Documentação e Informação da Educação Física e o Esporte no Brasil. Grande autor e grande obra.



Prof. Dr. LAÉRCIO ELIAS PEREIRA

Centro Esportivo Virtual

www.cev.org.br

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.