Espaço Plural 2013 n.29 v.14. Página(s) 271-297.

Por e

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo compreender o processo de socialização de mulheres no futebol, uma vez que essa prática é vista como masculina. A metodologia foi de cunho qualitativo, utilizando entrevistas semiestruturadas como instrumento de construção dos dados. Foram entrevistadas seis jogadoras de futebol do Esporte Clube Pelotas/Phoenix – Futebol Feminino, situado na cidade de Pelotas/RS. A construção dos dados se deu na forma de quatro categorias, na intenção de descrever a trajetória de socialização no futebol das jogadoras e as questões que perpassam essa prática esportiva. A partir dessas análises, pode-se concluir que os caminhos percorridos por essas mulheres para praticar futebol são marcados por estratégias que rompem com questões hegemônicas da sociedade, desde os primórdios delas no futebol até a inserção em times amadores

4030214.pdf

Comentários

Você precisa criar um usuário no CEV para fazer um comentário.