Associação Entre Fatores Precoces e Medidas da Atividade Física Por Acelerometria em Crianças de 5 a 7 Anos de Idade

Por: Carla Menêses Hardman, Maria Laura Siqueira de Souza Andrade e .

Journal Of Physical Education - v.31 - n.1 - 2020

Send to Kindle


.Resumo

O presente estudo tem como objetivo verificar se existe associação entre fatores precoces (peso ao nascer, amamentação exclusiva ao seio, ordem de nascimento e nascimento pré-termo) e as medidas da atividade física por acelerometria em crianças de 5 a 7 anos. Trata-se de um estudo transversal realizado com crianças de escolas públicas e privadas do Recife. Utilizou-se um questionário com os pais/mães das crianças. Das 784 crianças participantes do estudo, 491 tiveram, pelo menos, três dias de monitoramento válido. Identificou-se que as crianças que eram classificadas como o quarto filho ou superior apresentaram 83% menos chance de ter baixo percentual de tempo diário despendido em atividades físicas em intensidade moderada quando comparadas as que eram o filho primogênito (OR= 0,17; 0,03-0,80). Verificou-se que somente a ordem de nascimento foi negativamente associada ao baixo percentual de tempo diário despendido em atividades físicas em intensidade moderada, mesmo após ajustamente para os fatores de confusão.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/44665

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.