Avaliação da Mobilidade e Equilíbrio de Pessoas com Doença de Parkinson

Por: Gileno Edu Lameira de Melo, Jorge Farias de Oliveira, José Robertto Zaffalon Júnior, Milkeson Mendes de Souza e Rosângela Lima da Silva.

43º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte SIMPOCE

Send to Kindle


.Resumo

Introdução: A doença de Parkinson compromete o equilíbrio e a mobilidade funcional dos portadores, devida esta doença ser ocasionada por consequência da morte das células do paminérgicas que afetam o funcionamento dos núcleos da base. Nesse sentido,a avaliação da mobilidade e do equilíbrio de pessoas com doença de Parkinson (DP) é pouco explorada no dia a dia do tratamento e se justifica por poder acompanhar a evolução da doença e com isso proporcionar melhora no desempenho motor, na autoestima e numa maior expectativa de vida. Objetivo: O estudo teve como objetivo de avaliar a mobilidade e equilíbrio de pessoas com DP. Materiais e Métodos: A pesquisa foi desenvolvida com 7 portadores da doença de Parkinson que frequentam a Clínica de Fisioterapia de Altamira - FISIOCLIN. Para avaliar a severidade da doença foram utilizadas duas escalas, a primeira é a Escala Unificada de Avaliação da Doença de Parkinson – UPDRS, A segunda é a Escala de Hoehn e Yahr (H&Y). Para a avaliação do equilíbrio e mobilidade foi utilizado o teste Timed Up and Go (TUG), por meio do sensor inercial G-Walk. Os dados foram analisados pela estatística descritiva através da média e desvio padrão. Resultados: Os resultados mostram que os pacientes estavam nos estágios 1 e 2 da escala de H&Y dos quais foram alocados em grupos de acordo com a severidade da doença, desta forma, foram classificados nos estágios leve a moderado de incapacidade da doença. Na escala de Berg a amostra apresentou classificação alta. Em relação ao teste de caminhada de 6 minutos os pacientes no estágio 2 da escala de H&Y apresentaram melhor resultado que os pacientes do estágio 1.Já em relação ao Teste Timed Up and Go a amostra apresentou média com risco de queda. Conclusão: Conclui-se que a amostra não apresenta falta de equilíbrio funcional pelo teste de Berg. Porém, apresentou baixa mobilidade pelo teste de caminhada de 6 minutos e risco de queda pelo teste Timed Up and Go.

Endereço: http://celafiscs.org.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.