Circo do Povo: Estratégias Metodológicas e Miscelânea Artística, de 1983 a 2019

Por: Anderson Gallan Ued.

124 páginas. 2020 21/05/2020

Send to Kindle


Resumo

As reflexões propostas nesta pesquisa são pautadas nos emaranhados de saberes que alicerçaram as construções dramatúrgicas, bem como nas estratégias metodológicas pedagógicas adotadas para a transmissão do conhecimento circense no Circo do Povo, projeto sociocultural da Prefeitura de Uberaba, MG, entre 1983 e 2019. Por meio de entrevistas feitas com os instrutores que trabalharam ou trabalham nesse circo e de pesquisas em jornais do período analisado, aponto debates, disputas, trajetórias e influências que convergiram e convergem para a pluralidade das expressões artísticas do Circo do Povo. Pontuo também as formas de se construírem as dramaturgias dos espetáculos, que foram calcadas nos encontros de gerações, nos afetos, nas contaminações e nas partilhas entre os instrutores reinventados e os alunos. Assim, procuro demonstrar que essa miscelânea artística, de conhecimento pedagógico e de opções estéticas, por parte dos instrutores, foi determinante para a estruturação das criações dramatúrgicas no Circo do Povo, ora influenciadas por artistas do circo itinerante, ora por artistas com formação teatral, ora pela combinação dos dois perfis.

Endereço: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.471

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.