Clima Motivacional Induzido Pelos Pais de Jovens Praticantes de Futebol:efeitos da Posição Ocupada no Campo, do Ano Escolar, do Número de Reprovações Escolares e do Tempo e Frequência de Prática

Por: Carla M. Teixeira, José Vasconcelos Raposo e Rute Carvalho.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - n.3 - 2012

Send to Kindle


.Resumo

O objectivo central deste estudo foi conhecer o clima motivacional induzido pelos pais e os possíveis efeitos de algumas variáveis. A amostra foi composta por 298 rapazes pra-ticantes de futebol, com idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos. O instrumento utilizado nesta investigação foi a versão portuguesa do Parent-Initiated Motivational Climate Questionnaire — 2 (30).Os resultados obtidos revelaram que não há diferenças significativas no clima motivacio-nal induzido por pai e mãe e ambos induzem um clima motivacional de mestria. Não há diferenças no clima motivacional induzido pelos pais a atletas que competem e que não competem. Sempre que os atletas jogam na posição desejada os seus pais induzem um clima motivacional de mestria, assim como quando praticam a modalidade há mais tempo. À medida que o atleta progride no ano escolar o clima motivacional de mestria é menos enfatizado pelos pais e quanto maior é o número de reprovações menor é o clima motiva-cional de mestria induzido pelos pais e maior é o clima motivacional de resultado

Endereço: https://rpcd.fade.up.pt/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.