Desempenho Físico, Composição Corporal e Síndrome Metabólica em Militares Brasileiros

Por: José Fernandes Filho, Laércio Camilo Rodrigues, Marco Antônio Lippert, Marcos de Sá Rego Fortes, Runer Augusto Marson e Samir Ezequiel da Rosa.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.24 - n.6 - 2018

Send to Kindle


.Resumo

Introdução: O Exército Brasileiro (EB) considera o Treinamento Físico Militar (TFM) essencial para desenvolver o condicionamento físico e a saúde geral, inclusive a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), considerando os fatores de risco de síndrome metabólica (SM). A avaliação da composição corporal por meio do aparelho de absorciometria por dupla emissão de raios-X (DXA) quantifica a gordura visceral responsável por vários tipos de doenças. Objetivo: Verificar o comportamento entre as variáveis composição corporal, antropométricas, hemodinâmicas e bioquímicas por meio do desempenho físico de militares com SM (C/SM) e sem SM (S/SM). Métodos: A amostra foi composta por 41 militares (38,9 ± 2,3 anos, 177,8± 6,4 cm, 91,5 ± 11,9 kg), sendo 28 indivíduos diagnosticados C/SM e 13 S/SM. A coleta de dados foi dividida em três dias. No primeiro dia foi realizada uma avaliação antropométrica. No segundo dia, os indivíduos foram submetidos aos exames bioquímicos dos marcadores de SM, medida da pressão arterial (PA) e exames deDXA. No terceiro dia, realizou-se uma avaliação física conforme as exigências do EB (corrida de 12 minutos, flexão de braço sobre o solo, flexão de braço na barra fixa). Resultados: Constatou-se diferença significativa entre os militares C/SM e S/SM nas variáveis HDL-C, PA diastólica, PA sistólica e circunferência da cintura. Nenhuma variável física apresentou diferença significativa. Verificou-se também diferença significativa entre os grupos para todas as variáveis de composição corporal e antropométricas. Conclusão: Os militares S/SM têm valores médios de composição corporal, PA e antropométricos melhores que os C/SM, o que pode indicar que têm menor risco de DCNT. O fato de o militar ter ou não SM não influenciou a performance dos testes aplicados. Nível de Evidência I; Tipo de Estudo: Estudos diagnósticos–Investigação de um exame para diagnóstico.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922018000600422&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.