Efeito do Treinamento Concorrente Sobre a Força e Hipertrofi a Muscular de Mulheres na Pós-menopausa

Por: Claudia Regina Cavaglieri, Cleiton Augusto Libardi, Manoel Emílio Lixandrão, Mara Patrícia Traína Chacon-Mikahil, Miguel Soares Conceição, Ricardo Paes de Barros Berton, Valéria Bonganha e Vera Aparecida Madruga Forti.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - RBAFS - v.17 - n.4 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A  associação  do  treinamento  de  força  (TF)  e  aeróbio  (TA),  conhecido  com  treinamentoconcorrente (TC), parece diminuir os ganhos de força e hipertrofi a muscular quando com-parado ao TF isolado. Dessa forma,esse estudo teve como objetivo comparar os efeitos de16 semanas de TF e TC sobre os indicadores de hipertrofi a e a força muscular em mulheresde meia-idade na pós-menopausa. Participaram 24 mulheres, não ativas fi sicamente, sub-divididas em três grupos: Grupo TC (n=8), Grupo TF (n=8) e Grupo Controle (n=8). Os trei-namentos foram compostos de duas etapas (E1 e E2) com duração de oito semanas cada, efrequência de três sessões/semana (TF: 10 exercícios com 3 x 8-10 RM; TC: 6 exercícios com3 x 8-10 RM, seguido de 30 min de caminhada ou corrida a 55-85% VO2pico). Foram avalia-das a área muscular de coxa (AMC), força máxima e consumo pico de oxigênio (VO2pico). Osresultados demonstraram aumento na força máxima nos exercíciosleg press, supino reto erosca direta para oTF e TC, sem diferença entre eles. Com relação aos indicadores hipertró-fi cos não houve aumento na AMC para o TF e TC. Houve aumento do VO2picosomente parao TC. Dessa forma, podemos concluir que o TC, realizado com as recomendações mínimasde TA preconizadas peloAmerican College of Sports Medicine (ACSM), não promoveu efeitode  interferência  na  força  máxima  e  hipertrofi  a  muscular  de  mulheres  de  meia-idade  napós-menopausa

Endereço: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/1871

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.