Efeito da Velocidade de Corrida em Variáveis Eletromiográficas e Metabólicas

Por: Carina Helena Wasem Fraga.

Motriz - v.15 - n.4 - 2009

Send to Kindle


O objetivo deste estudo foi analisar o sinal eletromiográfico dos músculos reto femoral (RF), vasto lateral (VL), bíceps femoral (BF), tibial anterior (TA) e gastrocnêmio lateral (GL) de sete voluntários do sexo masculino, entre diferentes velocidades de corrida, e determinar e comparar os índices LFEMG (limiar de fadiga eletromiográfico), LL (limiar de lactato) e LAn (limiar anaeróbio). O protocolo de corrida iniciou em 10 km.h-1, com incrementos de 1 km.h-1 a cada três minutos até a exaustão, com 30 segundos de intervalo para coleta de 25l de sangue. Foi verificado aumento do valor RMS no RF da velocidade de 12 km.h-1 para 14 km.h-1. O LFEMG apresentou-se semelhante entre os músculos, e entre os índices houve as seguintes diferenças significativas: LAn > LL; LFEMG RF e LFEMG VL < LAn e LFEMG VL e LFEMG BF > LL. Os dados confirmam a viabilidade da utilização do LFEMG como possível indicador para análise da fadiga muscular.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/2930/2690

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.