Efeitos Cardiovasculares de Um Teste de Força (1rm) em Sujeitos Pré-hipertensos

Por: Camila Souza de Morais, Cleberson Dias Lima, Fernando Sérgio Silva Barbosa, Gabriel Elias Ota, Paula Felippe Martinez e Silvio Assis de Oliveira Júnior.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.25 - n.1 - 2019

Send to Kindle


.Resumo

Introdução:O exercício físico promove adaptações fisiológicas de caráter positivo, diminuindo os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, além de promover um maior controle autonômico da frequência cardíaca e redução nos níveis pressóricos.Objetivo:Comparar o comportamento da pressão arterial e da modulação autonômica da frequência cardíaca no teste de uma repetição máxima de extensão de joelhos, realizado no aparelho de Leg press 45° em sujeitos normotensos e pré-hipertensos.Métodos:Foram avaliados 24 voluntários do sexo masculino. Foi feita a avaliação da pressão arterial (PA) e da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) no momento de repouso, imediatamente após a carga máxima alcançada e durante as fases de 10, 20, 30 e 40 minutos de recuperação. As análises estatísticas foram obtidas através do software SigmaStat 3.5 e nível de significância igual a 5%.Resultados:A média e o desvio padrão foram utilizados para identificação de 12 normotensos (N) com idade = 25,5 ± 5,7 anos; altura = 174,3 ± 6,6 cm; IMC = 24,9 ± 2,4; PAS em média = 112,6 ± 5,6 mmHg e 12 pré-hipertensos (PH) com idade = 29,8 ± 6,5 anos; altura = 175,7 ± 6,7 cm; IMC = 27,8 ± 6,5; PAS em média = 131,1 ± 3,2 mmHg. Houve diferença estatística no índice pNN50 (%) no momento repouso (PH = 1,13 ± 0,66 e N =1,58 ± 0,35) e no índice LF/HF igualmente no momento repouso (PH = 0,18 ± 0,29 e N = −0,18 ± 0,36).Conclusão:O teste de uma repetição máxima (1RM) não promoveu risco cardiovascular no grupo pré-hipertenso durante sua execução, com resultados de duplo produto menor que 30.000 mmHg.bpm, demonstrando menor sobrecarga cardíaca, e a VFC apresentou similaridade no comportamento simpático-vagal no domínio do tempo e frequência entre os grupos. Nível de evidência III; Estudo Caso controle.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922019000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.