Efeitos de Um Programa de Treinamento Físico Multicomponente Sobre Indicadores de Saúde Física e Cognitiva de Mulheres em Idade Avançada

Por: Alan Pantoja Cardoso, , Claudio Joaquim Borba Pinheiro, Doriedson Barbosa Lopes Júnior, Paula Danielle Palheta Carvalho, Rafaela Cristina Araújo-gomes e Zainovan Serrão Pereira.

Revista Ciencias de La Actividad Física UCM - 2021

Send to Kindle


.Resumo

Objetivo: Analisar o efeito de um programa de treinamento físico multicomponente (TFM) sobre autonomia funcional, força muscular, composição corporal, capacidade cognitiva e perfil glicêmico de mulheres em idade avançada.

Material e Métodos: Participaram do estudo 13 mulheres com média de idade 61,0 ± 6,0 anos durante 12 semanas, sendo segunda e quinta - Treinamento Resistido (TR); e terça e sexta - Treinamento Funcional (TF) e Treinamento de Judô Adaptado (TJA) na mesma sessão. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados o protocolo de autonomia funcional do Grupo de Desenvolvimento Latino-Americano para maturidade (GDLAM), Mini Exame de Estado Mental (MEEM), teste de Predição de 1RM, índice glicêmico, índice de massa corporal (IMC), índice relação cintura-quadril (IRCQ), relação cintura-estatura (RCE) e protocolo de sete dobras cutâneas.

Resultados: Houve melhora estatística para todos os testes do protocolo GDLAM e para o índice geral (∆%= - 21,31%; p-valor= 0,0006). Para o MEEM foi identificado melhora no escore geral (∆%=8,98%; p-valor= 0,002), atenção/cálculo e linguagem. Também houve melhora significativa (p<0,05) para todos os exercícios do teste de força. Na composição corporal foram identificados resultados significativos para percentual (%) de gordura (∆%= -11,8%; p-valor= 0,001), massa magra (∆%=11,05%; p-valor=0,005) e massa gorda (∆%= -11,9%; p-valor= 0,001). Não foram constatadas melhoras (p<0,05) para as variáveis de índice glicêmico, IMC, IRCQ e RCE.

Conclusão: O programa de TFM (TR+TF+TJA) realizado quatro vezes na semana, durante 12 semanas mostrou-se eficaz para melhorar autonomia funcional, força muscular, função cognitiva em três domínios: atenção e cálculo, linguagem e escore geral, e as variáveis % de gordura, massa magra e gorda das mulheres em idade avançada estudadas. Porém, o IMC, IRCQ, RCE e índice glicêmico não mostraram melhoras significativas, apenas uma manutenção dos indicadores. 
 

Endereço: http://revistacaf.ucm.cl/article/view/653

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.