El Circo de Buenos Aires Y Sus Prácticas: Definiciones En Disputa

Por: Julieta Infantino.

ILHA. Revista de Antropologia - v.15 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a disputa sobre a definição do gênero circo no processo de revitalização dessa arte na cidade de Buenos Aires, Argentina, durante o período compreendido entre a pós-ditadura e o contexto contemporâneo (1983-2013). As discussões sobre a forma de pensar essas artes se traduzem em dicotomias como popular/ refinado, contemporâneo/tradicional, transgressor/legitimado. As mesmas são apressentadas a partir de noções artísticas, estéticas, políticas e ideológicas diferenciais. No nosso caso, o gênero artístico, e seu potencial de inovação, constitui uma areia de disputa para a construção de identidades. O debate é caraterizado pelo potencial de gerar variantes ou estilos específicos a partir dos recursos de comunicação utilizados, bem como expandir o alcance das menssagens. Problematizaremos dissidências artístico-estilísticas estudando as manipulações de formas genéricas tradicionais e os debates ante a legitimação dessas artes que, historicamente, têm sido desvalorizadas de cânones hegemônicos de valor artístico

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ilha/article/view/2175-8034.2013v15n1-2p277/26073

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.