Habilidade Motora Fundamental: Analise Comparativa Entre Situação Laboratorial e Natural

Por: .

1997 07/04/1997

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar se existe variação na execução dos padrões de movimento arremessar e receber em duas situações ambientais diferentes: situação laboratorial (onde ocorreu um maior controle das variáveis) e situação "natural" (próxima da situação que ocorre em aula de Educação Física). Os participantes deste estudo foram 28 crianças de ambos os sexos e com 4 anos de idade. As crianças em movimento foram filmadas realizando as duas habilidades motoras fundamentais - arremessar e receber - nas situações laboratorial e "natural". A análise dos dados foi auxiliada por uma TV e um vídeo cassete, que foram analisados de acordo com uma descrição adaptada do movimento apresentada por GALLAHUE (1989). Neste sentido, o arremessar foi dividido em três componentes: membros superiores; tronco e pernas/pés, o receber também foi dividido em três componentes: braços/antebraços; mãos e tronco/pernas/pés. A análise estatística (teste não paramétrico de Friedman) revelou diferenças significativas para dois componentes (tronco e pernas/pés) no arremessar e tronco/pernas para o receber. Em todos os casos em que foi verificada uma diferença significativa a performance na situação "natural" foi superior à situação laboratorial. Além dos resultados suportarem a influência da noção das restrições na realização do movimento, também indicam que precauções devem ocorrer quando resultados laboratoriais são aplicados às situações práticas de ensino da Educação Física.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000114620&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.