Influência da Atividade Física Sistematizada no Estresse e na Fadiga dos Trabalhadores do Restaurante Universitário da Universidade de Brasília

Por: Aldecilene Cerqueira Barreto e Anadergh Barbosa-branco.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - RBAFS - v.5 - n.2 - 2000

Send to Kindle


Resumo

Considerando que os níveis de estresse e de fadiga no trabalho, são alguns dos fatores que indicam a condição de saúde dos trabalhadores e que seu excesso pode acarretar em prejuízo aos mesmos, fez-se um estudo analítíco de intervenção com a presença de dois grupos, denominados sem intervenção e com intervenção, cujo objetivo foi avaliar a contribuição de um programa de atividade física sistematizada (PAFS) na melhoria dos níveis de estresse e de fadiga do trabalhador. A amostra foi composta por 45 trabalhadores, sendo 24 pertencentes à vários setores da Universidade de Brasília-UnB (sem intervenção) e 21 trabalhadores ao Restaurante Universitário- R.U (com intervenção). Entre os trabalhadores havia homens e mulheres com idade entre 19 e 50 anos. Para avaliação do nível de estresse utilizou-se uma lista de verificação de estresse e para fadiga foi utilizado um questionário bipolar. O PAFS teve duração de 3 meses (33 aulas) e foi ministrado antes das atividades diárias, no próprio local de trabalho. Os resultados mostraram que no grupo com intervenção houve uma eliminação do estresse e da fadiga intensa e um aumento em 21% dos trabalhadores sem estresse e em 18,1% com fadiga leve. Este estudo sinalizou positiva­mente para a utilização de programas de atividade física sistematizada no local de trabalho como instrumento para a diminuição dos índices de estresse e de fadiga no trabalho.

Endereço: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/997

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.