Influência da Intensidade do Programa de Treinamento Físico Sobre a Fosforilação da Proteína Akt em Músculo Esquelético e Sensibilidade à Insulina de Ratos Obesos

Por: Dennys Esper Cintra, Eduardo Rochete Ropelle, José Rodrigo Pauli, Luciana Santos Sousa Pauli, Rodolfo Marinho e Rodrigo Stellzer Gaspar.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.1 - 2015

Send to Kindle


.Resumo

Investigar os efeitos do treinamento físico (TF) de intensidades diferentes sobre a sensibilidade à insulina (SI) e a fosforilação da Akt (p-Akt) no músculo de ratos obesos. Metodologia: Animais foram distribuídos em quatro grupos: Controle: recebeu dieta padrão (C); Obeso sedentário: recebeu dieta hiperlipídica (DHL) por 12 semanas (OS); Obeso treinado-1: recebeu DHL por 12 semanas e TF sem sobrecarga por 6 semanas (OT-1); Obeso treinado-2: recebeu DHL por 12 semanas e TF por 6 semanas com sobrecarga  de  5%  da  massa  corporal (OT -2). O teste de tolerância à insulina foi realizado para estimar a SI. A p-Akt do músculo esquelético foi determinada por Western Blot. Resultados: O TF de intensidade moderada induziu maior p-Akt, porém não houve diferença na SI se comparado o TF de intensidade leve. Conclusão: Diferenças na p-Akt não induziram respostas mais significativas de SI corporal total em ratos obesos induzidos por DHL.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/23718

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.