Iniciação Esportiva em Ginástica Rítmica: Abordagens Tradicional e o Clima de Motivação Para a Maestria

Por: Daisy Fernandes Sampaio e Nadia Cristina Valentini.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.1 - 2015

Send to Kindle


.Resumo

Este estudo investigou a influência de programas de iniciação em Ginástica Rítmica (GR), tradicional e orientado para a maestria, no desempenho de habilidades motoras fundamentais (HMF) e habilidades especializadas da GR (HEGR). Participantes, 39 meninas (5 a 10 anos), foram avaliadas com TGMD-2 e com o protocolo de avaliação para HEGR; e, organizados em dois grupos interventivos, Tradicional (GT) e Maestria (GM). Os programas de intervenções foram conduzidos durante 3 meses/2 vezes por semana com enfoque nas HMF e habilidades especializadas do esporte. Resultados indicaram: (1) mudanças positivas e significativas nas HMF foram observadas no GM; (2) desempenhos semelhantes entre GM e GT nas HEGR no pós-intervenção; (3) correlações positivas entre as HMF e HEGR e entre a idade HEGR. O clima motivacional para a maestria foi eficiente em promover a proficiência motora de crianças nas habilidades motoras fundamentais e especializadas do esporte.
 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/22382

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.