Nível Socioeconômico, Estado Nutricional e Coordenação Motora Grossa de Escolares com 6 a 10 Anos na Amazônia

Por: Claudio Joaquim Borba Pinheiro, Luciana Ferreira Santos, Rosiane de Nazaré da Silva de Souza e Samuel da Luz Borges.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.3 - 2015

Send to Kindle


.Resumo

O objetivo deste estudo foi comparar o nível socioeconômico,estado nutricional e a coordenação motora grossa entre escolares de 6-10 anos de diferentes bairros na cidade de Tucuruí-PA. 102 escolares de6-10 anos de ambos os sexos participaram do estudo e foram separados da seguinte forma: feminino: Grupo Vila, n= 14 (7,3±0,8 anos de idade); Grupo Cidade, n= 32 (8,3± anos de idade) e masculino: Grupo Vila, n= 24 (8,3±1,06 anos de idade); Grupo Cidade, n= 32 (8,1±1,1 anos de idade). O protocolo Korperkoodinationtest fur Kinder (KTK) para coordenação motora grossa, o critério de classificação econômica Brasil e a classificação de Waterlow foram usados. O teste T de Student e U Mann-Whitney foram usados na análiseestatística. O nível socioeconômico apresentou diferenças (p<0,05) onde “Grupo Vila”, foi classificado na classe B1 e o “Grupo Cidade” classe D. Houve diferenças (p<0,05) entreos grupos somente para os testes de força entre meninos: Unipodal eagilidade; e meninas: agilidade, favoráveis aos “Grupos Vila”. No estado nutricional, os “Grupos Vila” também apresentaram os melhores resultados (p<0,05) para meninos: massa/idade, estatura/idade, massa/estatura; e meninas: massa/idade e estatura/idade. Os “Grupos Vila” com melhores condições socioeconômicas apresentaram os melhores resultados tanto para o estado nutricional, como para a força em ambos os gêneros.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/26212

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.