O Imaginário das Corredoras de Longa Distância

Por: Geovana Alves Coiceiro.

130 páginas. 2003

Send to Kindle


.Resumo

Com a rápida e expressiva ascensão das corredoras de longa distância no que tange aos resultados alcançados nas últimas duas décadas, essas atletas conquistaram o reconhecimento no cenário esportivo mundial. Contudo, essa trajetória foi percorrida com muito esforço, suor, lágrimas e renúncia. Fomos então motivadas a investigar os sentidos que a corrida tem para essas mulheres, sentidos estes que as levam a continuar obstinadas em seus propósitos, e saber por que elas não se contentam com suas conquistas, por que continuam em busca de recordes. A pesquisa, de natureza qualitativa, se deu no campo de conhecimento do Imaginário Social e teve dois objetivos: a) investigar alguns sentidos que se apresentam nos discursos das corredoras de longa distância; b) evidenciar as imagens, os símbolos e os mitos que emergem nesses discursos. Foram realizadas dez entrevistas semi-estruturadas com corredoras de elite de longa distância do esporte brasileiro. Dentre os mitos que despontaram de forma significativa nos discursos das corredoras de longa distância identificamos Ártemis, Atena e Narciso. Identificou-se que, apesar de parecer homogêneo, o grupo formado por essas atletas se encontrava dividido em dois subgrupos: o que corre DE, isto é que utiliza a corrida como um meio para vencer as diferenças, e o que corre PARA, que busca com a corrida o prazer da vitória. O método utilizado para a interpretação dos discursos foi a Análise do Discurso, de Eni Pulcinelli Orlandi. O mapeamento das marcas lingüísticas que emergiram dos discursos permitiu a explicitação dos seguintes sentidos: o gostar, a profissão, o sonho, o individualismo, o talento e o ideal, que se apresentaram com suas respectivas polissemias.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=340&listaDetalhes%5B%5D=340&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.