Percepção da Qualidade de Vida dos Trabalhadores da Indústria Metalúrgica na Cidade de Sertãozinho, Sp

Por: Astor Reis Simionato, Camila Midori Takemoto Vasconcelos, Lucas Bertolucci Zuquieri, Luiz Gustavo Almeida dos Santos e Willian Rodrigues da Silva.

Lecturas: Educación Física y Deportes - v.25 - n.265 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Na indústria metalúrgica existe um alto índice de patologias e acidentes que vêm afetando os trabalhadores. Assim, este estudo objetivou analisar e compreender a correlação dos sintomas de dores relacionadas ao trabalho e do nível de atividade física com a percepção de qualidade de vida de trabalhadores de uma indústria metalúrgica. Foram avaliados 20 funcionários da indústria, por meio do questionário de anamnese e do SF-36, que avalia a percepção da qualidade de vida. Os resultados mostram que quanto maior a intensidade da dor, menor a qualidade de vida nos aspectos físico e emocional.. Quanto ao tempo de prática de exercícios por semana, encontrou-se que aqueles que realizavam maiores quantidades de minutos por semana apresentavam uma maior percepção da qualidade de vida para capacidade funcional. Os resultados indicam que o investimento das empresas em atividades físicas para os trabalhadores pode melhorar sua capacidade funcional e consequentemente o rendimento do funcionário no trabalho.

Endereço: https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/1238

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.