Performance na Corrida de 50 Metros e no Salto em Distância, em Função da Idade Cronológica (11 a 17 Anos), Crescimento Físico e Origem de Escolares do Sexo Masculino: Um Estudo Longitudinal

Por: Kenji Kido.

87 páginas. 1983

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve por objetivo analisar a evolução da corrida de 50 metros rasos e do salto em distância, em crianças e adolescentes brasileiros, submetidos a diferentes tipos de solicitação em atividades físicas. Duzentos e quarenta e sete escolares tomaram parte deste estudo longitudinal, reunidos em dois segmentos (dos 11 aos 14 anos e dos 14 aos 17 anos de idade) e ainda separados em três agrupamentos (oriundos da zona urbana, zona rural e praticantes de esportes). Medidas de peso e estatura foram utilizadas para acompanhar o crescimento e desenvolvimento físico destes indivíduos. Para análise dos resultados, foi utilizada a Análise de Variância, complementada pelo teste de Scheffé, tendo sido estabelecido o nível de rejeição da hipótese nula em 0,05. Os resultados evidenciaram superioridade dos esportistas em relação aos não-esportistas, na corrida de 50 metros e salto em distância, em todas as idades, enquanto os indivíduos da zona rural são significativamente melhores que os da zona urbana, somente dos 11 aos 14 anos de idade. Indivíduos da zona urbana e da rural não diferem, nem em peso e nem em estatura, enquanto os esportistas são mais altos que os não-esportistas dos 14 anos aos 16 anos de idade, não se diferenciando quanto ao peso. O estudo mostrou ainda uma pequena influência tanto do peso, como da estatura, nos resultados da corrida de 50 metros e salto em distância, em todos os grupos.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=133&listaDetalhes%5B%5D=133&processar=Processar

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.