Pesquisa em Treinamento de Força no Brasil: Análise dos Grupos e Produção Científica

Por: , Fábio Hech Dominski, Guilherme Torres Vilarino, Luís Miguel Silva Amorim e Rodrigo Batalha Silva.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.42 - n.1 - 2020

Send to Kindle


.Resumo

Este estudo objetivou analisar a distribuição geográfica, evolução e produção científica dos grupos de pesquisa (GP) em treinamento de força no Brasil. Trata-se de um estudo descritivo, de análise documental, feito na base de dados do Diretório dos GP do Brasil do CNPq. Foi feita análise das produções cientificas dos líderes dos GP entre 2014 a 2018. Foram localizados 41 GP. A maioria dos GP está localizada no Estado de São Paulo. As publicações se concentram no estrato A1 e com uma expressiva tendência nos estratos de maior qualidade ao longo dos anos. A maioria dos estudos investigou praticantes de musculação, seguido por idosos. Observa-se que os GP brasileiros sobre treinamento de força apresentam produção científica de qualidade.

Endereço: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32892020000100300&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.