Programa de Fisioterapia Aplicado no Desenvolvimento Motor de Bebês Saudáveis em Ambiente Familiar

Por: Carla Skilhan de Almeida, Nadia Cristina Valentini e Sheila Maria Silva de Oliveira.

Revista da Educação Física - UEM - v.23 - n.1 - 2012

Send to Kindle


.Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar o desenvolvimento motor de bebês até dezoito meses de idade e a avaliação do ambiente antes e após a participação em um programa de fisioterapia direcionada ao bebê com o envolvimento dos pais nas suas casas. Participaram deste estudo 22 bebês, divididos em dois grupos: Grupo Interventivo (GI) e Grupo Controle (GC). Os grupos foram avaliados no início e no fim de oito semanas; as mães do GI receberam orientações de um programa de fisioterapia para bebês e de mudanças no contexto a cada semana. Os instrumentos utilizados nesta pesquisa foram: a escala Alberta e o questionário AHEMD-SR. Na análise estatística utilizaram-se os testes não paramétricos de Wilcoxon, Mann-Whitney, McNemar e Correlação de Spearman. Observou-se significância no desenvolvimento motor no GI do pré para o pós intervenção (p=0,029). Os resultados sugerem que bebês, quando estimulados de maneira correta em ambiente familiar, desenvolvem maior qualidade em seu aprendizado motor.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/11551/9327

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.