Relação Velocidade-acurácia em Tarefa de Contornar Figuras Geométricas e Traçar Linhas

Por: Camila Rodrigues Fiuza, Iverson Ladewig, , Rubens Rodrigues da Silva e .

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.3 - 2011

Send to Kindle


.Resumo

O paradigma da relação inversa velocidade-acurácia foi analisado em dois experimentos, através da lei de Fitts, em tarefas simuladas em computador. O experimento I analisou a tarefa de contornar figuras geométricas (triângulo, quadrado e círculo), manipulando o perímetro da figura e a espessura da linha e fornecendo índices de dificuldade (ID) entre 1,25 e 2,15 bits. O experimento II analisou a tarefa de traçar linhas, manipulando o comprimento, a espessura e o ângulo de inclinação da linha (0º, 45º, 90º, 135º e 180º), fornecendo IDs entre 3,5 e 7,5 bits. Uma regressão linear analisou a relação entre tempo de movimento (TM) e os IDs. Foram verificados coeficientes de determinação superiores a 0,9 (R2 > 0,9) para a relação TM x ID no experimento I e II. Tais resultados forneceram suporte para a lei de Fitts no desempenho das tarefas simuladas em computador de contornar figuras geométricas e de traçar linhas.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/9976/7761

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.