Resumo

A intenção deste ensaio é apresentar uma reflexão sobre a necessidade de redimensionamento das atividades de leitura e discussão de textos para a Educação Física, com vistas a evidenciar questões polifônicas e subjetivas – à luz de discussões bakhtinianas. A partir dos apontamentos realizados, abre-se um espaço para se questionar o nível de leitura, eloquência e postura comunicativa de sujeitos em formação perante as leituras exigidas desde a graduação. É preciso desenvolver novas competências em relação à leitura no currículo dos cursos para a formação de professores para que se diminua o abismo entre o conhecimento adquirido e a demanda do mercado de trabalho em nossa área.

Comentários

Você precisa criar um usuário no CEV para fazer um comentário.