Rio 2016: Zika Vírus e a Defasagem Noticiosa Entre o On-line e o Impresso no Agendamento das Olimpíadas do Brasil

Por: Marcel Neves Martins.

XXXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

No contexto da realização de megaeventos esportivos no Brasil, este artigo tem como objetivo refletir sobre as práticas de agendamento das Olimpíadas Rio 2016 em relação à problemática do zika vírus pela Folha de S. Paulo (plataforma on-line) e pela Zero Hora (jornal impresso). O método utilizado é a análise de conteúdo, de Laurence Bardin. A amostra compreende o mês de fevereiro de 2016. Foram localizadas 19 matérias na Folha e três matérias em Zero Hora. A partir disso, trabalhamos sobre a defasagem noticiosa entre esses veículos de comunicação. Os resultados indicam que o agendamento de cada veículo está vinculado aos fluxos da informação em cada plataforma midiática. Na Folha, há uma cobertura intensiva e difusa, enquanto em Zero Hora o agendamento é seletivo e concentrado.

Endereço: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2016/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.