Trajetória da Pós-graduação do CEFD/UFSM. Contribuições à Educação Física Brasileira, Percalços e Desafios

Por: , Laércio André Gassen Balsan e Silvana Zancan.

Memórias das Trajetórias e Desafios no Cinquentenário do CEFD/UFSM.

Send to Kindle


.Resumo

Introdução

A trajetória da Pós-Graduação (PG) do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) de 1974 aos dias atuais é o foco deste capítulo. Procuramos situá-la no âmbito da UFSM e da Educação Física (EF) brasileira, cotejando reflexões com o Sistema de Pós--Graduação no Brasil.

Cabe considerar que no contexto das políticas do Ministério da Educa- ção no Brasil situa-se o Plano Nacional da Pós-Graduação (PNPG),1 que sinte- tiza as diretrizes que orientam as políticas públicas de qualificação de pessoal em nível de Mestrado e Doutorado, e faz um diagnóstico da Pós-Graduação nacional. A partir dessa avaliação apresentam-se propostas de diretrizes, cená- rios de crescimento do sistema, metas e orçamento para a execução de ações. No processo de existência da PG no Brasil foram construídos 6 planos: I PNPG (1975-1979); II PNPG (1982-1985); III PNPG (1986-1989); IV PNPG (não houve finalização do documento); V PNPG (2005-2010); VI PNPG – volumes 1 e 2 (2011-2020).

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.