Treinamento Aeróbio e Diabetes Experimental em Ratos: Perfil Endócrino-metabólico no Cerebelo

Por: Luciana Mendonça Arantes.

95 páginas. 2013 09/12/2013

Send to Kindle


.Resumo

presente estudo foi delineado para avaliar os efeitos do treinamento físico aeróbio no perfil endócrino-metabólico de ratos diabéticos, com maior ênfase no tecido cerebelar. Para tanto, ratos adultos da linhagem Wistar foram submetidos à aplicação com aloxana monoidratada Sigma (32 mg/kg de peso corporal). Cinco dias após a administração da droga, será realizado um teste de glicemia para comprovação do estado diabético dos animais, sendo considerados diabéticos apenas aqueles ratos que apresentarem glicemia igual ou superior a 250 mg por 100 ml de sangue. Após a constatação do diabetes, os ratos foram distribuídos, aleatoriamente, em quatro grupos: Controle Sedentário (CS)-ratos controles que não realizarão exercíciosfísicos; Controle Treinado (CT) - ratos controles que serão submetidos ao protocolo de exercíci os físicos; Diabéticos Sedentários (DS)-ratos diabéticos aloxânicos que não serão submetidos ao protocolo de exercícios físicos; Diabéticos Treinados (DT)- ratos diabéticos aloxânicos que serão submetidos ao mesmo protocolo de exercícios físicos do grupo controle treinado (CT). O protocolo de treinamento físico consistirá de natação por 1 hora/dia, 5 vezes/semana, durante 8 semanas consecutivas e com sobrecarga, atada ao tórax, correspondente à máxima fase estável de lactato, em % do peso corporal. Os va lores de glicemia e trigliceridemia foram aumentados nos animais diabéticos (DS e DT) e ambos foram reduzidos no grupo diabético treinado quando comparados aos valores do grupo diabético sedentário. A indução do diabetes reduziu os valores de insulinemia nos animais de ambos os grupos (DS e DT) e o treinamento físico não alterou os valores deste parâmetro. O treinamento aeróbio não modifica as concentrações de IGF-1 e Insulina no cerebelo. Foi observado diferenças no equilíbrio corporal de ratos diabéticos e controles. O grupo diabético apresentou menor desempenho que o grupo controle, mostrando maior dificuldade nas atividades que requerem equilíbrio. Com relação à histologia, observamos diferenças qualitativas nos diferentes grupos estudados
.
 

Endereço: http://base.repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/108749/000767302.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.