Treinamento de Força Paterno Induz Proteção Ao Ganho de Massa Gorda e Melhora o Desempenho Físico nas Proles.

Por: F. C. Krier, Jonato Prestes, M. O. Lobo, Octavio Luiz Franco e R. A. Tibana.

69º Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


Resumo

Frente ao cenário epidêmico de obesidade mundial, buscam-se, na literatura, elementos que possam atuar minimizando os potenciais prejuízos advindos dessa doença. Nota-se, no âmbito do treinamento de força (TF) regular, uma carência de informações a respeito de seu benefício nesse cenário, bem como a falta de análises epigenéticas transgeracionais das características adquiridas pelos pais. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é realizar um TF em proles de pais que praticaram TF e em prole de pais sedentários, comparando as repostas das distintas amostras sobre fatores de risco cardiovascular, performance física das proles, massa corporal e tecido adiposo. Os resultados demonstram, pela primeira vez, que o TF muscular realizado apenas pelo pai antes da fecundação é capaz de modular de forma efetiva a diminuição da obesidade e da dislipidemia e aumentar a força muscular e a aptidão cardiovascular dos filhos submetidos ou não à dieta hiperlipídica. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.