Educação Física Escolar

Ponto de Encontro dos Profissionais, Estudantes e Pesquisadores

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevefescolar/

Seminário Internacional Atividades Circenses e Educação Física



Divulgação!

http://www.fef.unicamp.br/fef/sicirco

http://cev.org.br/eventos/seminario-internacional-atividades-circenses-educacao-fisica/

Desde 2006 o Grupo de Estudos e Pesquisas das Artes Circenses - CIRCUS, certificado pela UNICAMP junto ao CNPQ e coordenado pelos professores Dr. Marco Antonio Coelho Bortoleto e Dra. Ermínia Silva, vêm realizando pesquisas, projetos de extensão universitária, eventos, projetos de iniciação científica, orientações de mestrado e doutorado relacionados com as atividades circenses e suas interelações com a Educação Física, fomentando a reflexão acadêmica sobre a arte circense e seus diversos desdobramentos pedagógicos e científicos. A partir deste esforço coletivo o CIRCUS consolidou-se como um dos principais grupos de pesquisa em circo do Brasil e do mundo na área, além de responder por grande parte da produção acadêmica da área.

O encontro pretende debater os principais avanços na recente relação entre o Circo e Educação Física, buscando novos subsídios para uma área em franca expansão, como destaca Ontañón et al. (2012) . Além disso, o Seminário propõe espaços de formação continuada para a comunidade interna e externa da Unicamp, no que tange os aspectos pedagógicos dessas práticas.

Os debates a serem realizados estão atrelados a quatro teses de doutorado, todas sob orientação do Prof. Dr. Marco Antonio Coelho Bortoleto, das quais três delas recebem auxilio pesquisa da agencia CAPES, demonstrando a importância desse evento. Além disso, o tema vem sendo trabalhado em dois TCC, e duas turmas do Projeto de Extensão em Circo (Atividades circenses para crianças / Circo na Escola), bem como à disciplina de graduação EF962 - Atividades circenses e Educação Física, o que evidencia a integração entre as atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Comentários

Por Monica C. M. Souza
em 25-12-2013, às 16h32.

Car@s,

Não sejam enganados por gente picareta e oportunista: Profissionais de Educação Física NÃO são profissionais de Artes Cênicas, não são Artistas, muito menos da área de Artes em Geral e não tem legitimidade para atuar nessa área.

É lamentável a falta de ética de alguns profissionais de Educação Física  que ao invés de atuar na sua área que é “educação física”  querem USURPAR (roubar) as competências acadêmico profissionais da área de Artes Cênicas (Dança, Teatro e Circo).  De forma ilegal e enganosa estes oportunistas anti-éticos insistem em se passar por Artistas, Profissionais e Profissional da área de Artes, Arte-Educadores. Roubando, se apropriando ilegalmente e vinculando as competências da área e profissionais de Artes de forma ilegal e ENGANOSA à educação física.

Esclarecendo que profissionais de educação física NÃO são profissionais de Artes e Espetáculos de qualquer vertente (Dança, Teatro, Circo, Música, Artes Visuais, Audiovisuais etc), Profissionais de Educação Física não são artistas, profissionais e/ou professores de Dança, muito menos de Teatro e Circo e não tem legitimidade para atuar nessa área.

Artes e Educação Física são áreas de conhecimento autônomas, com abordagens e objetivos de intervenção totalmente diferentes. Artes e Educação Física, tem formações distintas, específicas e totalmente  independentes e diferentes.

A formação acadêmica na área de Artes se dá em cursos específicos nesta área que são as graduações e pós graduações em Dança, Artes Visuais, Teatro e Música. E isso vale não só para o Brasil mas para qualquer lugar do mundo. As graduações e pós graduações em Artes Cênicas envolvem o Circo, Teatro, Dança e Ópera. Em várias universidades no Brasil e no mundo existem tais cursos. Como no Instituto de Artes da Unicamp:

http://www.iar.unicamp.br/cenicas/cen_curso.php

A Educação Física por sua vez não tem nada a ver com a área de Artes, pois é um curso da área das Ciências da Saúde, similar à Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional. O profissional de educação física é especialista em atividades físicas que visam bem estar, saúde, condicionamento físico, emagrescimento... Estes profissionais não tem nada a ver com a área de Artes, não sendo sua compeência  apresentações públicas de espetáculos artisticos cênicos. Vejam na Tabela de Áreas de Conhecimento da Capes, padrão adotado em quase todo o mundo:

http://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacao/TabelaAreasConhecimento_072012.pdf

O Brasil assinou um acordo mundial de equiparação profissional. Assim a CBO, Calssificação Brasileira de Ocupações assim como as formações são equivalentes em todo o mundo.  Cursos de Educação Física não tem nada a ver com a área de Artes ou atividades artisticas de Dança, Teatro, Circo, Música, Artes Visuais e Audiovisuais.

Porém para se beneficiar alguns OPORTUNISTAS da área da Educação Física de forma FRAUDULENTA, vem tentando roubar USURPAR (roubar) as competências da área de Artes.

Por serem formados em educação física e quererem atuar ilegalmente na área de Artes Cênicas (Teatro, Dança e Circo), estes profissionais ANTIÉTICOS de educação física resolveram usurpar (ROUBAR) e se apropriar ilegalmente das competências de outra área acadêmica. Fingindo que trabalhar com Artes é competência de Profissionais de Educação Física.  Como estratégia eles tentam descredibilizar a autonomia da formação na área de Artes.  Fingem que profissional de educação física é artista, profissional e professor de artes.... Fingem que são voluntários para mascarar os seus verdadeiros interesses mercadológicos.  Mas não sejam enganados pois trata-se de uma FARSA academica. Uma grande mentira para se beneficiar.

Estes oportunistas da área da Educação Física não tem um pingo de ética. Fingem que não existem cursos de formação acadêmica em Artes Cênicas, ou em Teatro e Dança, e vários cursos de Circo na área de ARTES. Aliás Circo, Teatro, Dança é Arte, logo NÃO é competência de profissionais ou da área de educação física.  Estes oportunistas querem “aparecer” , se auto-promover e se beneficiar ROUBANDO e descredibilizando os profissionais de Artes Cênicas e de Artes em Geral, para nos ROUBAR.

De forma enganosa vem forçando a barra para se autopromover e enganar a população. Fazem artigos tentenciosos e equivocados onde tem a cara de pau de colocar os PCN's - Artes como parâmetros curriculares a serem adotados por profissionais de eduacação física, como os artigos publicados pelo Sr. Marco Bortoleto que ainda incentiva outros profissionais de educação física a se passarem de forma enganosa por profissionais de Artes e Espetáculos de Circo e Teatro. Ou seja como se não bastasse tentar nos roubar quer incentivar outros a também roubarem os profissionais de Artes...

Cadê a ética e o respeito Sr. Bortoleto? O Sr. Não tem vergonha na cara não? Porque não vai atuar na sua área que é educação física? Porque insistem em tentar ROUBAR as competências da área de Artes para a educação física....Se tivesse um pingo de ética teria consciência dos seus atos insanos... Se quer tanto se passar por Artisa e Profissional de Teatro e Circo, porque não muda de área? Pare de tentar ROUBAR as competências da área de Artes Cênicas para a Educação Física. O Sr. é uma vergonha para a comunidade academica.

Informo que toda a comunidade acadêmica da área de Artes e as entidades representativas da área de Artes Cênicas já está sendo informadas de tudo isso.

No Brasil a profissão do Artista e Técnico de Espetáculos de Dança, Teatro e Circo é regulamentada pela Lei do Artista, a Lei 6.533/78, e ainda pelo Decreto 82.385/78 e seu anexo que coloca os profissionais desta área *:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6533.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1970-1979/D82385.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1970-1979/anexo/Anl82385.pdf

Lembrando que essas Leis NÃO tem nada a ver com a área muito menos com profissionais ou a abordagem da educação física, que é um profissional da área das Cirências da Saúde, conforme tabela de áreas de conhecimento do CNPQ adotada pelo Ministério da Educação Brasileiro e que tem como base os objetivos de intervenção de cada área. Padrão adotado em quase todo o mundo.

As Artes Cênicas ou Artes da Cena, são linguagens artísticas que envolvem a dança, teatro, circo e ópera.  A formação nessa área é específica e não tem nada a ver com a área ou cursos ou profissionais anti-éticos e oportunistas de educação física. Na Unicamp por exemplo assim como em várias outras universidades brasileiras tem cursos específicos para formar profissionais de Artes. Aliás penso que todos devem ser informados sobre esse grupo de profissionais anti-éticos que vem tentando ROUBAR e descredibilizar a formação em Artes Cênicas.

É lamentável como o Sr. Marco Bortoleto e seus seguidores, todos profissionais de educação física, não respeitam e tentam descredibilizar os cursos e os profissionais de Artes Cênicas não só no Brasil mas no mundo inteiro.  Querem enganar as pessoas,  forçar a barra. 

Ao invés de atuar na sua área que é educação física, querem  FINGIR que são artistas e profissional de artes, e ainda quer roubar as competências da área de Artes vinculando-as ILEGALMENTE à educação física. Isso é ESLETIONATO ACADEMICO.

Trabalhar com Arte e atividades Artísticas, espetáculos artísticos cênicos dentro na escola ou fora dela não é competência de profissionais de Educação Física.  Não sejam enganados pois essa gente defende apenas os seus interesses pessoais e político mercadológicos e oportunistas do Cref e Confef, que nos últimos anos vem tentando ROUBAR as competências e prejudicar os profissionais da área de Artes, apenas para se beneficiar. 

A conduta dessa gente esconde apenas interesses financeiros e político mercadológicos. Pois roubando as competências de outras áreas como a de Artes, profissionais de educação física ampliam a sua área de atuação profissional. Mesmo sem legitimidade, indo contra a legislação, tentam se beneficiam às custas do prejuízo e descredibilização de outros profissionais. O objetivo é que vagas de empregos, verbas, infra-estruturas e outros incentivos governamentais direcionados ao fomento da área, cursos e profissionais de Artes  sejam  desviados ilegalmente para beneficiar a área, cursos e profissionais PICARETAS de educação física.

O que estes oportunistas estão tentando é se beneficiar e beneficiar ilegalmente a sua área que é educação física às custas do roubo das competências de outra área e do prejuízo de outros profissionais. Se auto promovem de foma enganosa fingindo que são artistas e profissionais de Artes. Eles estão desrespeitando a ética e várias legislações brasileiras.

Em conformidade com o Código Penal brasileiro o estelionato é capitulado como crime econômico (Título II, Capítulo VI, Artigo 171), sendo definido como "obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento."

Estes oportunistas divulgam espetáculos de teatro e circo como se tal atividade fosso competência da área da educação física. O que é uma grande MENTIRA!!! É uma farsa para se promover de forma enganoda curss e profissionais de educação física. Eles querem enganar a população, para que esta acredite que oportunistas de educação física são profissionais de artes.  

Cursos e profissionais de educação física que tentam USURPAR (roubar) as competências da área de Artes estão cometendo entre outros o crime de ESTELIONATO ACADEMICO. Pois estes profissionais não tem formação ou legitimidade para atuar nessa área. Nenhum curso de educação física pode simplesmente FINGIR de forma enganosa que forma profissionais de outra área...

O que está acontecendo é CRIME, é dano moral e material contra os profissionais de Artes. Pois como se não bastasse os danos financeiros implícitos na conduta destes oportunistas, eles ainda querem roubar até a nossa identidade. Para se beneficiar eles  não respeitam e tentam descredibilizar a  formação acadêmica na área de Artes. Fingindo que qualquer “profissionalzinho” picareta de educação física pode atuar nessa área. Vocês não tem VERGONHA NA CARA não?

A Educação Física não tem o direito de querer se auto-promover e se beneficiar ROUBANDO a identidade e história de outras áreas. Com isso vocês só terão a revolta e o desrespeito dos profissionais da área de Artes como vem acontecendo.  

Penso que a área e o profissional de Educação Física são importantíssimos para a sociedade.  Porém é totalmente diferente da abordagem ou objetivos de intervenção da área e profissionais de Artes. Se vocês tivessem um pingo de ética, respeitariam isso.

Conheço vários profissionais éticos e sérios da educação física, defendo meus colegas éticos da educação física e penso que esta área não precisa ROUBAR a área de Artes para se beneficiar ou tentar  se promover de forma enganosa. Vocês vem sujando o nome de gente séria da Educação Física. 

E por isso quero deixar bem claro que meu comentário não é extensivo a todos, mas apenas a profissionais anti-éticos e PICARETAS da área da educação física que ao invés de atuarem na sua área querem se passar de forma ENGANOSA por artistas, técnicos de espetáculos, arte-educadores, profissionais e professores de artes. Essa gente picareta sim merece ser denunciada, desmascarada por todos... Para que as autoridades competentes tomem as devidas providências contra essa gente anti-ética e oportunista.

Fica o recado: Vocês deveriam ter mais ética, respeito com outros profissionais e VERGONHA NA CARA mesmo...  Pois isso é caso para MINISTÉRIO PÚBLICO....

 

Por Monica C. M. Souza
em 25-12-2013, às 16h55.

Como nunca tinha ouvido falar da pessoa, vi que não era profissional da área de Artes. Por curiosidade fui ver quem era a Sra. Teresa Ontañón Barragán e constatei que  era uma profissional de educação física. Porém ESTRANHAMENTE  verifiquei que no seu  Currículo Lattes , ela coloca que é Profissional  da área de Artes.

Lembro que fraudar o Lattes é crime. Lembro também que Profissionais de Educação Física Não são profissionais da área de Artes. Sendo que a formação em educação física não dá a ninguém o direito de se passar de forma enganosa por profissional de Artes.

Pergunto portanto  com qual direito a Sra. coloca no seu Lattes que é Profissional da área de Artes uma vez que não tem nenhuma formação nessa área?  

Por Teresa Ontañón Barragán
em 26-12-2013, às 15h27.

Primeiro se quer ser respeita mostre respeito pelas pessoas já que nem me conhece. Não vou dar argumentos para uma pessoa que chega acusando sem perguntar ou conhecer o trabalho dos outros e só presta atenção em se sou ou não sou da educação física.

 

A senhora já foi convidada a participar dos encontros do nosso grupo (CIRCUS) para debater e conhecer o trabalho que fazemos, convite que não aceitou, aparentemente  é melhor criticar e acusar sem conhecer. Nos não tentamos desacreditar ninguem, muito pelo contrario procuramos debater com profissionais das mais diversas areas de atuação, pode ver isso em qualquer uma das nossas publicações.

 

Apesar de ser formada em educação física, sou praticante e pesquisadora do circo, arte que admiro e respeito profundamente, até onde eu sei nem a arte nem o circo tem dono para dizer quem pode e quem não pode falar dele. 

 

Defendo o circo como elemento de promoção de cultura e da educação, assim como as artes, que deveriam estar muito mais presentes na educação das crianças, pode ser na matemática, na física ou na educação física, talvez se tivéssemos uma educação mais artística não teríamos tantos problemas e teríamos pessoas mais felizes e menos frustradas.
 

Esta convidada a participar do seminário, estaremos contentes de mostrar o nosso trabalho e nosso respeito pela arte do circo, querendo ou não há uma relação entre o circo e a educação física e essa relação existe faz muitos anos.

 

Finalmente, um pensamento: talvez seria interessante construir algo ao invés de fazer uma carreira baseada em atacar o trabalho dos outros.

Por Monica C. M. Souza
em 26-12-2013, às 22h45.

Cara Sra.Tereza

Respeito tem quem merece e age com idoneidade. Se vocês fossem profissionais éticos de educação física que atuassem na sua área, ao invés de tentar usurpar as competências da área de Artes que é a minha área, nem estaríamos tendo essa conversa. Aliás se fossem profissionais de educação física atuando na sua área eu os respeitaria assim como respeito todos os profissionais éticos de qualquer área. 

Oportunistas que tentam roubar as competências de outra área não merecem respeito de ninguém. Um profissional merece respeito quando respeita as competências dos profissionais de outras áreas. Quem não tem ética profissional e não respeita as Leis não merece respeito. Não respeito nenhum profissional de educação física que  tenta prejudicar e descredibilizar autonomia e formação na área de Artes, para se passar de forma enganosa por profissional de Artes.

Como a senhora FUGIU da resposta, vou perguntar de novo: “Com qual direito a Sra.  coloca no seu Lattes que é Profissional da área de Artes uma vez que não tem formação ou legitimidade para atuar nessa área?” Sabia que FRAUDE é crime?

A senhora se engana, pois não me chamou atenção o fato da senhora ou do Sr. Marco Bortoleto serem profissionais de Educação Física. Me chamou atenção o fato de vocês serem profissionais de educação física e tentarem se passar de forma ENGANOSA por artistas e profissionais/professores de Artes vinculando isso à formação em educação física. Me chamou atenção o fato de estarem tentando se promover e beneficiar de forma enganosa a área, cursos e profissionais de educação física às custas do ROUBO e prejuízo da área e Profissionais de Artes Cênicas.

Me chamou atenção o fato de não terem ética e tentarem ROUBAR as competências acadêmico profissionais e quererem descredibilizar a formação em Artes Cênicas.  È lamentável mas foi isso que me chamou atenção para vocês...  Pois vocês não tem reconhecimento de nenhuma entidade ou da área academica das Artes Cênicas. Penso que se estas entidades conhecessem vocês já teriam tomado alguma providência contra.  Lamentavelmente vocês serão conhecidos não por serem bons profissionais, mas sim pela conduta anti-ética.

A senhora diz : ...até onde eu sei nem a arte nem o circo tem dono para dizer quem pode e quem não pode falar dele... Falar e assistir a senhora pode. Mas se passar de forma enganosa por profissional de Artes,  vinculando arte à educação física é ILEGAL é crime de FRAUDE e estelionato.  Se não sabe procure se esclarecer para não falar BOBAGEM. Leia sobre a legislação que regulamenta a profissão do Artista e Técnico de Espetáculos no Brasil e as outras várias que regulamentam a formação na área de Artes.   

Profissionais de Educação física NÃO são Profissionais e/ou Professores de Artes, não são Artistas muito menos técnicos de espetáculos e não tem legitimidade para atuar como tal. Afirmo isso amparada na legislação. Se eu não tivesse total certeza disso não estaria aqui AFIRMANDO. * Aliás posso enviar toda uma legislação que comprova isso...Para que a senhora de forma oportuna, não FINJA que desconhece  a legislação.

Para sua informação a formação na área de Artes e a Profissão do Artista e Técnico de Espetáculos é regulamentada por Lei, a 6.533/78. Acredito que a senhora MUITO está mal informada, procure se informar antes de sair por aí falando bobagens e querendo ROUBAR as competências da área de Artes. Mas se não sabia, agora já sabe. Se quiser encaminho para o seu grupo um documento da Entidade Representativa dos Profissionais de Artes no Brasil. Aliás vou informar a todos que vocês estão tentando USURPAR as competências e descredibilizar a formação na área de Artes no Brasil, para beneficiar a área da Educação Física...

Se a senhora , o Sr. Bortoleto  e o seu grupo querem respeito deveriam respeitar os profissionais de Artes Cênicas e atuar na sua área que é Educação Física, ao invés de quererem se passar de forma enganosa por  artistas e profissional da área de Artes, que não tem nada a ver com os objetivos de intervenção e as competências da área da educação física. Vocês estão tentando ROUBAR as competências dos profissionais de Artes Cênicas, transferindo-as para picaretas da educação física.

Gente que tenta se beneficiar e se promover de forma enganosa para fazer uma carreira às custas do ROUBO de outra área não merece nenhum respeito por parte de ninguém...Aliás vigaristas não merecem respeito de ninguém não é mesmo?

Se vocês respeitassem os profissionais de Artes, não estariam tentando se passar de forma ENGANOSA por profissional/professores de Artes. E não estariam tentando roubar as competências acadêmico-profissionais e descrediblizar a formação na área de Artes. Ou você acha que pode simplesmente MENTIR para se passar de forma enganosa por profissional de outra área? E não ser desmascarada?

Você diz que admira a arte, se fosse verdade deveria no mínimo "respeitar" a Arte e os profissionais desta área. E não tentar ROUBAR os profissionais de Artes de forma OPORTUNISTA e fraudulenta. Existe toda uma regulametnação sobre a formação academica no Brasil e no mundo, vocês não podem simplesmente colocar os  interesse pessoais acima de tudo e desrespeitar as Leis e a formação de outros profissionais

Você diz: Defendo o circo como elemento de promoção de cultura e da educação, assim como as artes... 

Como soa ridículo esse comentário, pois qualquer um vê que vocês não defendem ou respeitam a Arte ou os Profissionais de Arte (inclusive o circo)... Vocês defendem apenas os interesses político mercadológicos da Educação Física, do Cref ,  Confef, além dos seus próprios interesses. 

Se vocês respeitassem a Arte, atuariam na sua área e não tentariam descredibilizar a formação acadêmica na área de Artes. Se vocês tivessem ética e vergonha na cara respeitariam as Leis.

Você NÃO é profissional de Artes e não tem formação nessa área, portanto não tem legitimidade para atuar como tal. Ao colocar no seu Currículo Lattes que você é profissional de Artes você está mentindo e FRAUDANDO as informações do Currículo.

A formação em Artes é autônoma e se dá em cursos específicos de graduação em Artes Visuais, Teatro, Dança e Artes Visuais.

Profissional de Educação Física NÃO é Profissional de Artes. O profissional de educação física é um profissional da área da saúde, especialista em atividades físicas e desportivas...

Atividades artísticas e de espetáculos não são competência da área ou de profissionais de educação física.

A senhora NÃO é profissional de Artes. Mentir e fraudar o Lattes é Crime de FRAUDE e  ESTELIONATO, sujeito a pena de prisão mesmo...

Você está tentando descredibilizar a formação na área de Artes, ao defender que profissionais de educação física FINJAM de forma enganosa que são profissionais de Artes.

Para sua informação pela legislação brasileira a formação na área de Artes é específica, e regulamentada pelo governo federal. A senhora, o Sr. Marco Bortoleto ou qualquer outro profissional anti-ético e oportunista de educação física não tem o direito que querer ROUBAR as competências da área de Artes transferindo-as para a educação física. Como disse isso é estelionato.

A senhora diz que não dá argumentos simplesmente porque não tem nenhuma justificativa  para o fato de estar tentando ROUBAR e se passar de forma enganosa por profissional da área de Artes. Sinceramente não sei se você é mal informada ou está agindo por MÁ fé, e de forma criminosa mesmo. Mas agora já sabe...

Sugiro que procure se esclarecer porque vou denunciar você e seus amigos anti-éticos que vem tentando ROUBAR as competências da área de Artes pelo Brasil afora....

É crime de ESTELIONATO ACADEMICO,  querer se beneficiar às custas do prejuízo de terceiros e do ROUBO das competências e descredibilização da formação de outra área acadêmica.

E não seja ridícula, quem vocês pensam que são para querer convidar profissionais de Artes para "visitar" um projeto onde profissionais de educação física ANTI-ÉTICOS  e OPORTUNISTAS  tentam USURPAR (roubar) as competências da área de Artes?.....Já parou para pensar no absurdo que é isso?

Se a senhora quer ser respeitada deveria atuar na sua área que é educação física. Aliás se estivesse atuando nem estaríamos tendo esta conversa.

Vou ser didática porque parece que a Sra. não entendeu: Eu sou profissional de Artes, tenho formação e legitimidade para atuar nessa área, Aliás é isso o que faço. E estou no meu direito que é desmascarar VINGARISTAS que tentam se passar por profissionais da minha área.

Não estou aqui ofendendo ninguém, estou denunciando profissionais de educação física PICARETAS que ao invés de atuar na sua área, tentam se passar de forma enganosa por profissionais de Artes, se beneficiando às custas do prejuízo e descredibilização a formação na área de Artes no Brasil.

Gente que não respeita as Leis tem que ser denunciadas, para que os órgãos competentes tomem as providências cabíveis.

Se você é profissional de educação física  e quer ser respeitada, sugiro que vá atuar na sua área, ao invés de querer se USURPAR as competências da área de Artes. Se quer respeito seja idônea e respeite os profissionais de Artes. 

Pergunto mais uma vez: Quem de dá o direito  a Sra. de FRAUDAR o Currículo Lattes e colocar de forma MENTIROSA que é profissional de Artes?  Você simplesmente foi lá e mentiu? CRIME DE FRAUDE?  No lugar de vocês teria vergonha....

Finalizando usando parte das suas palavras, se quer ser respeitada  você (s) deveria (m) ter ética e colocá-las em prática:

Você não acha que  "seria  mais interessante construir algo de forma LEGÍTIMA  e ÉTICA ao invés de tentar fazer uma carreira baseada NA FRAUDE E NO ROUBO DAS COMPETÊNCIAS  DE OUTRA ÁREA e do trabalho dos outros....."  Quem está tentando fazer carreira ROUBANDO as competências de outra área são vocês....

Porque você não vai atuar na sua área  que é educação física, ao invés de tentar se passar de forma ENGANOSA por profissional de Artes? Enquanto vocês insistirem em ROUBAR e descredibilizar a formação na área de Artes serão apenas mais uns profissionais anti-éticos, e vergonha no meio academico.

at.

 

Por Monica C. M. Souza
em 31-12-2013, às 18h06.

DENUNCIA PÚBLICA: Profissionais de Educação Física tentam ROUBAR outra área academica.

Profissionais de educação Física NÃO são Profissionais muito menos Professores de Artes e Não tem legitimidade para atuar como tal. Porém de forma ENGANOSA, projeto anti-ético de professores/profissionais de Educação Física  tenta USURPAR (roubar) as competências da área das Artes, e ao invés de atuar na sua área que educaçção física estes picaretas querem se passar de forma enganosa por artistas, professores de profissionais de Artes Cênicas (Circo e Teatro). Roubando competências de outra área para se beneficiar e se promover de forma enganosa.

Essa gente oportunista de forma ilegal não respeita e tenta descredibulizar a formação em Artes Cênicas e em Artes no Brasil,  para que assim possam se beneciar às custas do ROUBO das competências e conteúdos de outra área academica, que não tem nenhuma similaridade com a sua área que é educação física.

Estes profissionais de educação Física anti-eticos, colocam seus interesses político mercadológicos acima de tudo,  eles não respeitam e são uma vergonha para a comunidade academica, pois estão cometendo o crime de ESTELIONATO ACADEMICO. Querem se beneficiar às custas do prejuízo e do ROUBO de competências de profissionais de outra área. 

Em suas publicações tendenciosas e equivocadas, tentam toubar até a identidade da Arte, da História da Arte, do Teatro, Dança, Circo e das Artes Cênicas em geral  colocando de forma ENGANOSA como História da Educação Física. 

Lembrando que a educação física consituti em uma área propria de conhecimento que acredito não precisa ROUBAR outra área para se beneficiar ou se autopromver de forma enganosa. Esses profissionais ANTI-ÉTICOS defendem apenas os seus Interesses pessoais e do Cref e Confef.  E são uma vergonha e sujam dos profissionais éticos de educação física. Essa gente tem que ser desmascarada pois estão cometendo crime de ESTELIONATO ACADEMICO.

VERGONHA NÃO?  Denunciem essa gente!!!

* Diante disso:  Pergunto novamente a Profissional de Educação Física Tereza Ontañón Carragán, com qual direito ela FRAUDA e  coloca no seu Lattes que é Profissional da área de Artes uma vez que não tem nenhuma formação nessa área? 

 

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.