Educação Física e Esporte

A primeira comunidade do CEV

Entrar no Grupo

Essa comunidade migrou para o Facebook. Participe: https://www.facebook.com/groups/cevefesporte/

A Ginástica Laboral é Um Campo do Fisioterapeuta ou do Educador Físico?



A Ginástica Laboral tem suas origens na detecção por parte dos governos, sindicatos e setor produtivo da sociedade (empresas e trabalhadores) da necessidade de preservação da saúde dos trabalhadores.

Uma das discussões que se apresentam recentemente versa sobre a atuação de Fisioterapeutas na área de Ginástica Laboral, que seria de responsabilidade do Profissional de Educação Física. Mas o que definiria a intervenção de um ou outro profissional na Ginástica Laboral? Segundo o Prof. Lamartine Pereira DaCosta, organizador do Atlas do Esporte no Brasil, os dois podem estar enganados ou os dois podem estar certos... Segundo ele - opinião compartilhada pelo Presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber -, tudo se define na intervenção a que os profissionais estão se dedicando.


Os fisioterapeutas estão habilitados à construção do diagnóstico dos distúrbios cinéticos funcionais (Diagnóstico Cinesiológico Funcional), a prescrição das condutas fisioterápicas, a sua ordenação e indução no paciente, bem como o acompanhamento da evolução do quadro clínico funcional. A incumbência deles é o acompanhamento e o tratamento das lesões já instaladas. Limite este que já está fora da ação do Profissional de Educação Física.

O Profissional de Educação Física atua, por meio de métodos preventivos, para minimizar e/ou evitar a possibilidade de ocorrência de lesões decorrentes das atividades repetitivas/cotidianas, do estresse causado pela atuação laboral e de atividades que tragam algum risco para os trabalhadores.

Sendo assim podemos dizer que é um campo para ambos, Fisioterapeuta e Educador Físico ou não?

Comentários

Por Nilian da Silva Gonçalves
em 23-03-2012, às 21h02.

A ginástica laboral promove mudanças significativas nos fatores psicológicos dos funcionários das empresas ficam mais dispostos e animados e passam a dormir melhor. Estudos mostram que"A ginástica laboral, quando orientada diretamente pelo professor de educação física, reduziu significativamente as dores nas costas, de cabeça, nos ombros e pescoço, nos membros superiores e inferiores. Diminuiu também o desânimo, a falta de disposição, insônia e irritabilidade, promovendo uma melhor qualidade de vida. Quando orientada por facilitador, a redução das dores só ocorreu nos membros inferiores e superiores".( Angeliete Garcez Militão,2011).

Por Wanderson Houpillard
em 24-03-2012, às 18h17.

É dos dois e não é!!! Mas existe uma linha tênue entre as profissões, para que nenhuma invada o espaço da outra.

Mas a primeira vez que ouvi sobre Ginástica laboral, foi com a supervisão de Professores de Educação Física, mas tudo que dá certo, acaba ouriçando outras áreas.

Segundo o Wikipedia:"A Ginástica Laboral é o conjunto de práticas de exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho, com a finalidade de colocar previamente cada pessoa — e todos — da equipe ou grupo de trabalho bem preparadas para o exercício do labor diário. Usualmente baseia-se em técnicas de alongamento, fortalecimento e relaxamento, distribuídas pelas várias partes do corpo, dos membros, passando pelo tronco, à cabeça, sendo, de ordinário, orientada ou supervisionada por um Profissional de Educação Física ou Fisioterapeuta."

Na minha opinião o papel do Fisioterapeuta dentro da empresa, é na reabilitação, recuperação ou diagnóstico do individuo, que tenha algum problema clínico, quando o Fisioterapeuta esta prescrevendo ou minstrando, ele está exercendo um papel que não cabe a ele, podendo até ser, punido, por exercer algo que esta fora de seu conhecimento, por isso o CREF, precisa estar de olho. Na minha opinião Ginástica Laboral é uma área só dá Educação Física, que pode ter outros profissionais para que ela funcione 100%, como nutricionistas, médicos do trabalho, ergonomista e etc.

"Cada um no seu quadrado..."

Abraços.

Abraços.

Por Edison Yamazaki
em 25-03-2012, às 19h35.

Marina,

Ginástica Laboral é uma área para profissionais da Educação Física. Fisioterapia é outra coisa. É exatamente como disse o Wanderson no comentário acima.

O simples fato da dúvida pode ser entendido como a falta de valorização do profissional da Educação Física que deveria estar também nas administrações dos clubes esportivos/sociais, academias e tudo mais relativo à atividade física.

Eu sei de casos de pessoas completamente leigas no comando de Academias de Ginásitcas e clubes esportivos. Nós, da área da Educação Física precisamos assumir nossos papéis com confiança e convicção.

Por Karine Marlleny Neves Corrêa
em 26-03-2012, às 15h41.

Ola Marina

Em minha opinião a Ginastica Laboral é sim uma area do Profissional de Educação Fisica pois este atua na prevenção de futuros traumas causados por mãs posturas. Este sim tem a competência de preparar exercicios de alongamento e relaxamento o que ira ajudar na execução da determinada função de cada individuo dentro da empresa.

Ao se tratar de recuperação o que não é o caso da Ginastica Laboral ai sim entra em vigor o profissinal da Fisioterapia para a reabilitação daquele individuo.

espero ter ajudado com minha opinião.

att

Karine

Por Ana
em 26-03-2012, às 21h06.

A Ginástica Laboral consiste na prática de exercícios realizados no ambiente de trabalho, com a finalidade de prevenir e/ou diminuir a incidência de lesões por esforços repetitivos ou distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho .Na minha opinião, a ginástica laboral faz mais parte da atuação do profissional de Educação Física, pois a ginástica laboral é uma atividade física e o profissional que está apto para orientar atividades físicas é o profissional de Educação Física.É fundamental que o Profissional de EducaçãoFísica tenha sólidos conhecimentos nas áreas defisiologia do exercício, ergonomia, técnicas de relaxamento, alongamento, segurança do trabalho, medicina ocupacional, massagem e dinâmicas de recreação e lazer. Ele também precisa de visão empresarial e conhecimentos da área administrativa.

Por Glauber César Cruz Custódio
em 27-03-2012, às 13h43.

Em minha opinião cada um tem sua função profissional, a aplicação funcional da ginástica laboral deve ser feita pelo educador físico, atuando por meio de métodos preventivos para diminuir ou evitar a ocorrência de L.E.R (lesão por esforço repetitivo) e D.O.R.T (distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho), ou doenças ocasionadas por uma má postura na jornada de trabalho. Já os fisioterapeutas deveriam fazer o diagnóstico e manutenção dos distúrbios funcionais que poderiam ser ocasionados no trabalho, deveriam atuar no tratamento e acompanhamento destas lesões já constatadas, ou seja, cada um tendo seu campo de atuação, sem um invadir a ação profissional do outro.

Por Edison Yamazaki
em 27-03-2012, às 20h21.

Karina e Ana,

Você deveriam escrever um histórico resumido das suas experiências e colocar no seus respectivos perfis. Assim, fica mais fácil saber quem somos.

Abraços,

Por Nilian da Silva Gonçalves
em 31-03-2012, às 00h02.

Eu concordo com você Glauber, o que está acontencendo muitas vezes é que estamos vendo os fisioterapeutas ministrando aulas de ginásticas. Temos que tomar cuidado com isso,pois na minha cidade por exemplo vejo fisioterapeutas ministrando aula de ginástica para idosos. Eles ficam lá com roupas inadequadas (jeans, sandalinhas). A pergunta é que exemplo esses fisioterapeutas vão dar, se nem uma roupa adequada para tal usam?

Att.,

Nilian

Por Ronan Junio Fonseca
em 02-05-2012, às 20h08.

Acredito que por ser uma atividade física simples e cujo o objetivo é  o relaxamento e a quebra de rotina dos movimentos repetitivos de algumas funções, quem trabalha visando prevenir lesões, esforços físicos, ergonomia, técnicas de relaxamento e alongamento é o profissional de Educação Física.

Por Andre Sampaio de Oliveira
em 13-12-2012, às 22h05.

Pessoal  quem trabalha com ginastica laboral é o ed. fisico, na prevenção etc.. quando a doênça ainda n se instalou, previnindo as doênças relacionadas ao trabalho. O fisioterapeuta trabalha com fisioterapia laboral quando a doênça já esta instalada, ele utiliza o diagnostico cineisio-funcional, interpreta exames e utiliza seus recussos manuais e mecanicos para o tratamento de doênças relacionadas ao trabalho.

Por Lucas Barbosa
em 14-04-2021, às 16h24.

Rindo muito vendo os comentários ultrapassados de 2012 kkkk Fisioterapia só atua na reabilitação então?  Na saúde primária não existe fisioterapeuta então né? haha Tem lugar pra todo mundo gente, principalmente se você for um especialista em ergonomia, aplicar as escalas e encontrar a patologia antes da algia. Isso que diferencia bons profissionais de péssimos, não importa se você é educador físico ou fisioterapeuta.

Para comentar, é necessário ser cadastrado no CEV fazer parte dessa comunidade. Clique aqui para entrar.


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.