Chanzo Osei Greenidge

Trenel (Capoeira)/Tecnico (Futebol)/ Professor de Educação Fisica
Canadá, Montréal .

Jogador de futebol ao nivel semi-profissional e universitario entre 1996 e 2006, Chanzo começou seus estudos na Capoeira Angola, em 1998, ao Afro-Modern Dance Studio ’Compagnie Azanie’ em Lyon com Fred Bendongué, um aluno do Mestre Jogo de Dentro. Depois de deixar a França em 1999, ele continuou treinando em Capoeira Angola e Regional no Canadá sob Mestre Vicente, aluno do Mestre Derli, agora presidente do LICARJ (Liga de Capoeira do Rio de Janeiro). Após a divisão da escola Mestre Vicente de Toronto em três grupos (Quilombo do Queimado, Trinidade e Arte Brasil Canadá) no final de 2000, Chanzo continuou treinando com Arte Brasil (actual Escola de Capuera Angola/ Muiraquitã) sob Prof. Márcio Mendes, natural da região de Amazonas, ele próprio um aluno de Mestre Bezzerra, líder do Grupo Arte Brasil e pioneiro da capoeira em Belém, Capital do Estado do Pará.

Ele foi confirmado como um profissional (Profissional A) em 2002 pelo Mestre Bezzerra, e dada a autoridade para instruir Capoeira Angola por Contramestre Márcio como Monitor em maio 2004. Neste período, começou o seu trabalho acadêmico sobre Esporte e Sociedade:

2003: "Raisin ’In the Sun?": Reflexões críticas sobre o drama da Diáspora Africano e do Futebol, Associação para Estudos Mundiais da Diáspora Africana (ASWAD) III Conferência Anual, 2-4 outubro de 2003, Northwestern University, Evanston, IL

2004: Fábrica de Idéias VII (Relações Raciais e Cultura Afro-Brasileira)
Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade Federal de Bahia, Salvador BA

2005: Curso Intensivo de Etnografia, Centro de Estudos de Gênero e Desenvolvimento, na Universidade das Índias Ocidentais, St. Augustine. Produto publicado como: "The Dreaming Fields: Football, Life and Labour in the African Diaspora (O Futebol, a Vida e o Trabalho na Diáspora Africano)" Oral and Pictoral Register Periodical (OPREP), UWI St. Augustine, agosto de 2005. Republicado em 2008, em História, Educação e Memória (Mato Grosso). Também apresentado ao Symposium on Black Diaspora Performance, 11-12 de novembro de 2005, Northwestern University, Evanston, IL

Em 2006, começou a dar oficinas de Capoeira para os jovens nas comunidades em todo Trinidad e Tobago com o Comité Olímpico de Trinidade e Tobago (TTOC) e como membro de The BARCAM (barcam.org), organização de desenvolvimento comunitário envolvido na execução de atividades e programas que visem o desenvolvimento da juventude e das comunidades através da participação, da educação, a promoção da cultura e uma variedade de iniciativas humanitárias.

Em setembro de 2006, depois de fazer oficinas com artistas do CCA7 (Caribbean Contemporary Arts), lançou o Instituto Palmeiras para promover a disciplina de Capoeira no Caribe. Após uma formação continuado com Mestre Bezzerra em Pará, a fundação do Festival Novo de Capoeira (2006-), e a defesa da sua tese doutoral em UWI (a base do ADANIS), ele foi nomeado Trenel pelo Mestre Bezzerra e Mestrando Márcio em agosto de 2008.

Em 2010, ele já ensinava Capoeira para crianças no Kuwait, Filipinas, Haiti e Trinidad e Tobago e criou o seu programa ’10 Lições em Capoeira Angola’. Entre 2012-2013, ensinou a Capoeira dentro da Faculdade de Dança à University of Trinidad and Tobago Academy for the Performing Arts. Neste periodo, começou a consolidar seu conhecimento futebolistico e capoeiristico para desenvolver um programa de preparação fisica e tactica para o futebol, sobretudo juvenil e feminino.

Experiência Profissional:

Instituto Palmeiras (Monitor, Trenel): 2006-

CS Boucaniers (Treinador Adjunto, Treinador): 2015-

Montreal Adult Soccer School (Treinador): 2016-

Nunavik Soccer (Coordenador): 2018-

Team PEN-EDN (Tecnico): 2020-


© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.