Lazer e Prática da Vela: Diálogos Entre Bem-estar e Cotidiano

Por: Ana Raquel Mendes Santos, Cheng Hsin Nery Chao, Clara Maria Silvestre Monteiro de Freitas, Emília Amélia Pinto Costa Rodrigues, Patricia de Jesus Costa Santos e .

Congresso Mundial de Lazer 2018

Send to Kindle


.Resumo

A prática de atividades no contexto do lazer, tomado como um fenômeno social plural, traz possibilidades de relações com o bem-estar e o cotidiano, apresentando-se como um fio condutor da realidade que caracteriza a vida de uma sociedade. O objetivo deste trabalho foi analisar a influência do esporte a vela no cotidiano dos velejadores. Trata-se de uma pesquisa de campo, com a participação de 19 velejadores do Iate Clube da Paraíba, Brasil, com idades entre 19 e 64 anos. O critério de inclusão foi o tempo de experiência e prática da vela, sendo selecionados aqueles com no mínimo cinco anos de prática. A opção por este critério diz respeito às experiências e às relações estabelecidas com os elementos da natureza, como o mar, o vento e os conhecimentos técnicos advindos das vivências. Foram utilizados como instrumentos para a coleta de dados um questionário sociodemográfico e um roteiro de entrevista semiestruturado, além disso, utilizou-se um diário de campo. As entrevistas foram transcritas e avaliadas por meio da análise de conteúdo. Os resultados apontaram que a prática da vela permite vivenciar situações que tornam relevantes as atitudes e ações do ser humano no cotidiano. Deste modo, as instabilidades climáticas, como a variação do mar e da intensidade do vento, podem se relacionar com as instabilidades do cotidiano do ser humano, como na tomada de decisão. Os resultados e discussão do estudo estão apresentados em três categorias analíticas. A primeira refere-se à escolha pela prática da vela; a segunda, às mudanças sociopsicológicas por meio da prática da vela e a terceira, às diferenças no cotidiano advindas da prática. Foi destacado que a escolha pela prática da vela é influenciada por amigos, familiares e/ou mídia, confrontando com a pluralidade de escolhas referentes ao estilo de vida. Observou-se mudanças benéficas à vida dos velejadores, contribuindo no afastamento de vícios, melhora na percepção de saúde e nas relações pessoais, refletindo no conhecimento, responsabilidade, disciplina e bem-estar. A prática da vela no âmbito do lazer e suas influências no cotidiano e bem-estar dos velejadores possibilitou alterar as relações existentes, especialmente favorecendo as mudanças nas relações pessoais e interpessoais, estendendo-se pelos âmbitos do trabalho e dos aspectos sociais. Neste cenário, essas experiências conduzem ao conhecimento no tocante à responsabilidade e disciplina, em que as sensações de bem-estar se relacionam ao poder e à liberdade. Assim, a prática da vela representa uma atividade que imprime o respeito e molda algumas formas sociais, abrindo caminho para que se estimule qualitativamente o pensar, o agir e o sentir.

Endereço: http://cev.org.br/arquivo/biblioteca/4049540.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.